Novak djokovic

Cristiano Andujar/AGIF

TÊNIS NEWS
30/08/2016
01:58
Nova York (

Pelo menos em um primeiro momento as dificuldades físicas para Novak Djokovic se apresentaram no US Open. O atual campeão e vencedor também em 2011 sentiu o braço direito, pediu atendimento, perdeu set, mas passou pela estreia em Nova York.

O número 1 do mundo superou o ex-top 15 e atual 247º colocado, o polonês Jerzy Janowicz por 3 sets a 1 com parciais de 6/3 5/7 6/2 6/1 após 2h37min de duração.

O natural de Belgrado pediu atendimento no intervalo do quinto pro sexto game e massageou o braço direito. Ele deu algumas duplas-faltas, não serviu no máximo da força por boa parte da partida e teve que trabalhar bastante sobretudo nos dois primeiros sets diante do semifinalista de Wimbledon em 2013. Em todo momento o líder da ATP fez expressão de dor e não se mostrou satisfeito. Além do braço direito ele vinha atestando dores no punho esquerdo que o tiraram de Cincinnati.

Na primeira etapa salvou breaks logo no começo, conseguiu quebra no meio para fechar salvando breaks no fim por 6/3.

Na segunda etapa equilíbrio com Janowicz quebrando no meio, sendo quebrado de zero a seguir e salvando chances do sérvio até romper no último game indo pra cima com a direita. Marcou 7/5. Nole saiu irritado, abriu com quebra no terceiro set e fechou com tranquilidade diante de erros do rival e pouco comemorou. Na quarta etapa, diante de um rival arriscando tudo e errando bastante, passeou com facilidade aplicando 6/1 e dançando durante entrevista em quadra.

Djokovic enfrenta na segunda rodada o tcheco Jiri Vesely, 49º colocado, que bateu em cinco sets o qualifier indiano Saketh Mineny, 145º, com o rival capengando nos últimos games com cãibras. Vesely venceu o único embate contra Nole em Monte Carlo este ano na segunda rodada em uma das maiores surpresas do ano.