icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
20/08/2015
11:36

O sérvio Novak Djokovic  elogiou o francês Benoit Paire após sua estreia no Masters 1000 de Cincinnati onde superou o rival por 7/5 6/2. Nesta quinta-feira, o atual número um do mundo enfrenta o talentoso belga David Goffin nas oitavas de final.



"Antes do jogo meu treinador me disse para 'esperar o inesperado' dele, e foi o que aconteceu", afirmou o sérvio. "Ele faz muitos dropshots e tem um belo revés. O saque também é ótimo. Você não consegue prever se ele vai colocar uma bola mais lenta em quadra ou acelerar a jogada. Então eu tive que ficar alerta o tempo todo".

Paire chegou a abrir 4/2 no primeiro set antes de Djokovic se encontrar em quadra e passar a dominar o rival. Fora das quadras, entretando, os dois não são rivais e sim bons amigos: "Paire é um cara legal. Ele conversa comigo sempre em francês e isso é ótimo porque consigo praticar meu francês com ele. Quando o jogo acabou pudemos sorrir um para o outro e apertar as mãos de forma respeitosa. Desejo tudo de melhor para ele", finalizou.

O sérvio Novak Djokovic  elogiou o francês Benoit Paire após sua estreia no Masters 1000 de Cincinnati onde superou o rival por 7/5 6/2. Nesta quinta-feira, o atual número um do mundo enfrenta o talentoso belga David Goffin nas oitavas de final.



"Antes do jogo meu treinador me disse para 'esperar o inesperado' dele, e foi o que aconteceu", afirmou o sérvio. "Ele faz muitos dropshots e tem um belo revés. O saque também é ótimo. Você não consegue prever se ele vai colocar uma bola mais lenta em quadra ou acelerar a jogada. Então eu tive que ficar alerta o tempo todo".

Paire chegou a abrir 4/2 no primeiro set antes de Djokovic se encontrar em quadra e passar a dominar o rival. Fora das quadras, entretando, os dois não são rivais e sim bons amigos: "Paire é um cara legal. Ele conversa comigo sempre em francês e isso é ótimo porque consigo praticar meu francês com ele. Quando o jogo acabou pudemos sorrir um para o outro e apertar as mãos de forma respeitosa. Desejo tudo de melhor para ele", finalizou.