Djokovic

Novak Djokovic conquistou o torneio de Indian Wells neste domingo (Foto: ROBYN BECK/AFP)

TÊNIS NEWS
20/03/2016
21:30
INDIAN WELLS (EUA)

Novak Djokovic superou, neste domingo, o canadense Milos Raonic, conquistando o pentacampeonato do torneio de Indian Wells e igualando Rafael Nadal como maior vencedor de Masters 1000. Mas mais uma marca pode ser alcançada pelo sérvio daqui a duas semanas.

Se o tenista de 28 anos continuar sua saga de títulos e também levantar o caneco do Masters 1000 da Flórida, será o líder em premiação na história do tênis.

Com o título em Indian Wells, Nole levou consigo, além dos 1000 pontos no ranking da ATP, US$1.028.300 milhão. Assim, atingiu os US$97.483.678 milhões em premiação de torneios na carreira, segunda maior arrecadação na história do tênis mundial. Roger Federer, o líder, tem US$97.855.881.

A diferença de US$372.203 pode ser superada por Djokovic já no próximo torneio da ATP, o Masters 1000 de Miami, cuja chave principal se inicia na próxima quinta feira, 24, e termina daqui a dois domingos, no dia 03/04, já que o campeão leva o mesmo US$1.028.300 milhão do torneio californiano e o vice fica com ‘apenas’ US$501.815. Outras combinações - Novak vice campeão e Federer sendo eliminado até as quartas de final – também elevam Djoko ao topo da lista de milionários do esporte.

No ano passado, o tenista onze vezes campeão de Grand Slam estabeleceu um novo recorde de maior premiação conquistada em apenas uma temporada: com seus onze títulos em 2015, ele levou para casa impressionantes US$21.646.145, mais de sete milhões de dólares a frente do segundo colocado, Rafael Nadal, que no ano de 2013 conquistou US$14.570.935. Terceira, quarta e quinta posições deste ranking também pertencem ao sérvio, com prêmios conquistados em 2014, 2012 e 2011, respectivamente.