Juan Del Potro

JUan Del Potro. Crédito: Reprodução Twitter

Tênis News
03/05/2016
13:19
Madri (Espanha)

O argentino Juan Martín Del Potro, 274º do ranking da ATP, conquistou uma bela vitória diante do austríaco Dominic Thiem, 14º, na estreia do Masters 1000 de Madri, na Espanha. Pablo Carreno Busta manteve o embalo e eliminou Grigor Dimitrov.

Jogando com ranking protegido e tentando se preparar para a disputa em Roland Garros, Del Potro, que ficou afastado das quadras um mês após seu retorno de cirurgias no punho esquerdo precisou de 1h44 para superar Thiem pelo placar de 7/6 6/3 tendo disparado 10 aces contra três do austríaco que venceu 78% dos pontos jogados em seu primeiro serviço contra 75% de aproveitamento do argentino.

O campeão do US Open 2009 chegou a salvar um setpoint no primeiro set, quando ao cometer dupla-falta no décimo game viu o austríaco ter 5/4 30-40 no placar, mas acelerou com forehand, evitou a quebra e forçou o tiebreak, vencido por Delpo no detalhes em erro do rival.

Na segunda etapa, o argentino conquistou quebra crucial no sexto game e administrou a vantagem.

Na próxima rodada da competição, Del Potro enfrenta o norte-americano Jack Sock, que venceu de virada o francês Benoit Paire por 2/6 6/2 7/6 (5).

Dono de dois título na temporada, Buenos Aires (Argentina) e Acapulco (México), sendo o primeiro no saibro, Thiem não defendia pontos em Madri e buscava repetir sua única campanha no torneio madrilenho que foram oitavas de final em 2014, quando o jovem furou o qualificatório do torneio.

Dimitrov eliminado

Após ficar com o vice-campeonato do ATP 250 de Estoril, em Portugal, no último domingo, o espanhol Pablo Carreno Busta, 46º da ATP, manteve o embalo e eliminou o búlgaro Grigor Dimitrov, 28º, que também vinha de vice-campeonato, Istambul (Turquia), onde protagonizou um papelão e largou a partida final contra Dieago Schwartzman para não levar pneu no último set.

Sem ter nada a ver com as polêmicas de Dimitrov, Carreno assumiu o convite que recebeu da organização em Madri e em 1h41 fechou o placar em 7/6 (3) 6/3 tendo convertido cinco aces contra seis do búlgaro, que venceu 63% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 83% de aproveitamento do espanhol.

Com apoio da torcida, Carreno saiu em vantagem no primeiro set com quebra, levou a virada e igualou o placar da primeira etapa com duas quebras para cada lado forçando o tiebreak. Ali foi superior.

Na segunda parcial, Carreno conquistou a quebra de saque no quarto game e apenas administrou.

Na próxima rodada, o espanhol encara o francês Gilles Simon, cabeça de chave 16, que superou nesta segunda o cipriota Marcos Baghdatis.