Guilherme Clezar no Challenger Finals. Crédito: Marcelo Zambrana

Guilherme Clezar (Crédito: Marcelo Zambrana)

TÊNIS NEWS
24/01/2016
14:27
RIO DE JANEIRO

O gaúcho Guilherme Clezar, 183º da ATP, brigou durante 2h3min, mas foi derrotado pelo argentino Facundo Bagnis, 109º, por 6/4, 4/6 e 6/2, e ficou com o vice campeonato no Challenger do Rio de Janeiro, que distribuiu US$50 mil e foi disputado sobre saibro.

A partida foi equilibrada, com os dois jogadores enfrentando um número considerável de chances de quebra. Bagnis se saiu melhor, conseguindo evitar perdas de saque no primeiro e terceiro sets, parciais em que quebrou Clezar uma e duas vezes, respectivamente. Os dois jogadores tiveram um alto número de aces – Clezar conseguiu 10; Bagnis, 17 –, mas o brasileiro cometeu dez duplas faltas, sendo cinco na parcial decisiva. Assim, foi quebrado duas vezes na terceira etapa do jogo, quando não teve um break point sequer, e não conseguiu evitar a derrota.

Esse é o segundo título do argentino em duas semanas. No domingo passado, ele já havia conquistado o Challenger de Buenos Aires, em seu país natal.