Gabriel Medina surfa um dos tubos perigosos em Pipeline (Foto: WSL/Kelly Cestari)

Gabriel Medina surfa um dos tubos perigosos em Pipeline (Foto: WSL/Kelly Cestari)

LANCE!
24/03/2016
20:31
São Paulo (SP)

O brasileiro Gabriel Medina venceu sua bateria de estreia na etapa de Bells Beach (AUS), a segunda da temporada 2016 do Circuito Mundial de surfe (WCT), e avançou diretamente à terceira fase da competição.

Na noite desta quinta-feira (manhã na Austrália), o campeão mundial de 2014 enfrentou o americano Conner Coffin e Timothee Bisso, de Guadalupe, e dominou toda a disputa, válida pela quarta bateria do dia. Sem ser ameaçado, o paulista de 22 anos marcou 13,84 pontos e se classificou. Coffin marcou 11,37, e Bisso somou 10,53. Os dois terão de disputar a repescagem para seguir na competição.

Outros dois brasileiros não tiveram a mesma sorte. Na sessão que abriu o campeonato, o paulista Caio Ibelli ficou em terceiro e último lugar. A vitória ficou com o australiano Davey Cathels, com 15,20 pontos. A segunda posição foi do francês Jeremy Flores (13,60). Ibelli anotou 10 pontos cravados. 

Na terceira bateria, foi a vez do potiguar Ítalo Ferreira ser superado. Ele também acabou em último em sua série, com 12,46 pontos. O americano Kanoa Igarashi triunfou com 14,04 pontos. A segunda posição foi de Dusty Payne, do Havaí, com 12,67 pontos.