Medina

Gabriel Medina não teve dificuldades para derrotar os rivais na África do Sul (Foto:Divulgação/Twitter oficial do WSL)

LANCE!
06/07/2016
14:25
São Paulo (SP)

A etapa de Jeffreys Bay, na África do Sul, começou bem para os brasileiros na madrugada desta quarta-feira. Gabriel Medina, Adriano de Souza, o Mineirinho, Ítalo Ferreira e Caio Ibelli avançaram diretamente para a terceira rodada da etapa.

Primeiro brazuca a pular a repescagem foi Ítalo, que marcou 13,33 contra o compatriota Miguel Pupo (12,06) e o australiano Ryan Callinan (8,43). Duas baterias depois, foi a vez de Mineirinho se garantir na terceira rodada, com 14,76 pontos, contra os australianos Kai Otton (10,80) e Josh Kerr (7,00).

Gabriel Medina, por sua vez, deu show nas águas africanas, conquistando uma nota 9,10 e 8,17 para alcançar o terceiro maior somatório dos surfistas na primeira fase (17,27), e despachar o havaiano Dusty Payne (12,77) e o brazuca Alex Ribeiro (12,27).

Na antepenúltima bateria, o novato Caio Ibelli somou 15,26 contra o australiano Joel Parkinson (13,60) e o francês Jeremy Flores (12,90).

Algumas baterias da repescagem aconteceram ainda na madrugada, com a eliminação do brasileiro Alex Ribeiro para o havaiano John John Florence (17,27 a 11,77), e a vitória de Filipe Toledo sobre o australiano Kai Otton (16,54 a 14,34). Alejo Muniz, Wiggolly Dantas, Jadson André e Miguel Pupo ainda buscam vaga na terceira fase.

Fanning retorna a palco de ataque com vitória

Um dos principais destaques da primeira rodada em Jeffreys Bay foi o australiano Mick Fanning, primeiro a cair na água. Isso porque, no ano passado, o surfista foi atacado por um tubarão na África do Sul, durante a final da etapa, que foi cancelada.

Dessa vez, sem sustos, o australiano surfou cinco ondas na primeira bateria, conquistando as notas 6,17 e 7,50, e derrotando o brasileiro Alejo Muniz, que marcou 10,80, e o americano Conner Coffin, que conseguiu 9,97.