Luiz Gustavo - Treino da Seleção (Foto: Alexandre Loureiro/ VIPCOMM)

Na Copa América de 2015, Luiz também foi cortado, mas por lesão (Foto: Alexandre Loureiro/ VIPCOMM)

RADAR/LANCE!
02/06/2016
12:59
Los Angeles (EUA)

A manhã desta quinta-feira ficou marcada por mais um corte na Seleção Brasileira. O volante Luiz Gustavo solicitou a dispensa da equipe de Dunga, que se prepara para a disputa da Copa América Centenário, nos Estados Unidos. Devido a problemas pessoais, o jogador do Wolfsburg não fará mais parte da delegação canarinho, que estreará na competição no próximo sábado, contra o Equador. Walace, do Grêmio, será o substituto.

O volante afirmou que vem lidando com um problema familiar já há algum tempo e havia, inclusive, ficado de fora da última rodada do Campeonato Alemão para poder retornar mais cedo ao Brasil. Ele comentou sobre o delicada situação, ressaltando a importância de sua família.

- Infelizmente, é um problema familiar que venho enfrentando já há algum tempo. Foi um decisão muito difícil de tomar, mas quando o assunto é família, não existe outra prioridade. Agradeço de verdade a todos os integrantes da comissão técnica, aos meus companheiros e outros profissionais da delegação por toda a compreensão e pelo apoio. Todos já estavam cientes dessa situação e estiveram do meu lado desde o início, para o que eu precisasse. É e sempre será um prazer imensurável vestir essa camisa e honrar o meu país, mas, desta vez, tive que abrir mão da Seleção em prol da minha família. Estarei na torcida pelos meus companheiros para que façam uma excelente competição - disse. 

Com a saída de Luiz Gustavo, a Seleção Brasileira chega a seis cortes: Ricardo Oliveira, Ederson, Rafinha, Douglas Costa e Kaká foram os cortados anteriormente, todos antes da competição continental, que começa nesta sexta-feira. 

Walace - Grêmio
Substituto de Luiz Gustavo, Walace chega à Seleção Brasileira principal pela primeira vez (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

O Brasil estreia no torneio continental neste sábado, diante do Equador, às 23h (de Brasília), no Estádio Rose Bowl, pelo Grupo B - que conta ainda com Peru e Haiti.