José Cardozo, do Paraguai, tem 14 gols

O técnico José Cardozo, do Toluca, do México (Conmebol)

LANCE!
01/05/2016
16:54
São Paulo (SP)

Após a goleada de 4 a 0 no Morumbi, até o técnico do Toluca (MEX) parece ter jogado a toalha no duelo contra o São Paulo pelas oitavas de final da Libertadores. Neste domingo, após ser derrotado em casa por 2 a 0 para o Cruz Azul e eliminado no Campeonato Mexicano, o técnico José Cardozo anunciou que se despedirá do clube após o confronto da próxima quarta-feira contra os brasileiros. Mas, antes, promoeteu que vencerá a partida.

- Na quarta, não tenho dúvidas de que vamos deixar tudo e vamos ganhar a partida. Depois, me vou. Meu respeito e meu agradecimento ao torcedor que vem ao estádio, a decisão está tomada - afirmou Cardozo, em entrevista coletiva reproduzida pelos canais oficiais do Toluca.

O treinador paraguaio falou da pressão por ter sido eliminado precocemente no Campeonato Mexicano. Cardozo é um ídolo do Toluca. Como atacante, ostenta o posto de maior goleador da história do clube mexicano.

- É um clube grande e a exigência é muita. O dono e a torcida merecem mais, o primeiro que se vai é o técnico - disse Cardozo.

Com a derrota de 4 a 0 para o São Paulo na ida, o time de Cardozo precisará vencer por 4 a 0 ou cinco gols de diferença se sofrer um em sua casa. Ele também reclamou dos desfalques. No jogo do Morumbi, o Toluca tinha sete jogadores lesionados. A equipe terminou a fase de grupos como primeira de seu grupo, que tinha Grêmio, San Lorenzo (ARG) e LDU (EQU). São Paulo e Toluca se enfrentam na quarta, `às 19h30, horário de Brasília.