Treino SPFC

Érico Leonan / saopaulofc

William Correia
05/10/2017
11:40
São Paulo (SP)

Dorival Júnior, a princípio, não terá mesmo desfalques inesperados contra o Atlético-MG, na quarta-feira, em Belo Horizonte (MG). Rodrigo Caio e Buffarini, que se queixaram de dores no treino da tarde de quarta-feira, participaram da atividade técnica realizada pelo São Paulo na manhã desta quinta-feira.

O zagueiro causou preocupação ao torcer o tornozelo direito e, já no final da atividade de quarta-feira, foi o lateral-direito argentino que deu um susto, queixando-se de dores no pé direito. Mas ambos trabalharam no dia seguinte sem nenhuma limitação física.

Dorival comandou nesta quinta-feira exercícios que testaram o enfrentamento dos jogadores em campo reduzido. Primeiramente, três atacavam uma dupla de zagueiro, que tinham a função de proteger o goleiro. Depois, a competitividade aumentou sob forte calor no CT da Barra Funda.

A atividade que encerrou os trabalhos tinha o elenco divididos em times com seis jogadores de linha em cada um. Enfrentavam-se em trios, enquanto outros três ficavam do lado de fora, mas impedindo que a bola saísse e podendo ser usados nas jogadas de ataque. O auxiliar Lucas Silvestre acompanhava tudo de perto, apontando o placar e incentivando para que ninguém se abatesse depois de sofrer gol, já que o treino não parava.

O São Paulo volta a treinar na manhã desta sexta-feira e, como nesta quinta-feira, a atividade será aberta, mas sem entrevista coletiva. No fim de semana, os trabalhos serão fechados à imprensa e, na segunda-feira, o técnico Dorival Júnior deve falar com os jornalistas antes do treino, que será quase totalmente fechado.

Na 14ª posição do Campeonato Brasileiro, com 31 pontos, um acima da zona de rebaixamento, o Tricolor se prepara para enfrentar o Atlético-MG, concorrente direto na briga para evitar a queda para a Série B. A partida será ás 21h45 de quarta-feira, no estádio Independência, em Minas Gerais.