William Correia
14/09/2017
07:00
São Paulo (SP)

O jogo entre Vitória e São Paulo neste domingo, no Barradão, em Salvador, é um confronto direto na briga de ambos para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. E os dois times terão de mostrar superação com base no que já apresentaram até agora em suas péssimas campanhas na competição.

O time baiano, anfitrião da partida, é o pior mandante da liga nacional, com nove pontos em 36 disputados nessa condição - o que, com base nesse retrospecto, reduz a força do trunfo que costuma ser atuar dentro de casa. Por outro lado, ninguém somou menos pontos como visitante do que os cinco conquistado pelo Tricolor, que acumula nove derrotas, dois empates e só uma vitória longe do Morumbi.

A má campanha fora de casa tem sido apontada como um dos principais problemas do São Paulo desde o início do Brasileiro. Rogério Ceni conseguiu só um ponto fora de seus domínios, em 0 a 0 diante do Sport, em Recife - perdeu nas casas de Cruzeiro, Ponte Preta, Corinthians, Atlético-PR e Flamengo. Pintado, que comandou o time interinamente por uma rodada, piorou os números ao ser derrotado pelo Santos, na Vila Belmiro.

Com Dorival Júnior, a equipe conquistou sua única vitória como visitante, na virada por 4 a 3 sobre o Botafogo, fazendo três gols em menos de dez minutos. Mas, com o técnico atual, só empatou com o Avaí, considerado um tropeço em confronto direto mesmo atuando em Santa Catarina, e foi vencido por Chapecoense, Bahia e Palmeiras.

Com o pífio aproveitamento de 13,89% como visitante, o que pode servir como alento ao Tricolor é a péssima campanha do Vitória atuando na Bahia. Em 12 jogos no Estado, o Rubro-Negro perdeu sete (para Corinthians, Coritiba, Santos, Vasco, Grêmio, Chapecoense e Avaí), empatou três (diante de Botafogo, Bahia e Fluminense) e só venceu dois (contra Atlético-MG e Ponte Preta).

Mas, se no retrospecto geral como mandante no Brasileiro deste ano o aproveitamento do Vitória é de 25%, a porcentagem melhora um pouco se forem analisados apenas jogos no Barradão, palco do confronto de domingo. O clube recebeu duas partidas na Arena Fonte Nova no início do Brasileiro, sendo derrotado por Corinthians e Coritiba.

Em seu estádio, são cinco derrotas, três empates e dois triunfos. Ou seja, o Vitória somou no Barradão 30% dos pontos que disputou. Ainda assim, seria o pior mandante do Brasileiro, já que Atlético-MG e Atlético-GO, que dividem a segunda colocação nesse quesito, têm aproveitamento de 33,3% cada um dentro de suas casas.

Retrospecto à parte, o que Vitória e São Paulo realmente desejam no jogo das 16h deste domingo é deixar para trás os maus resultados que acumularam nas 23 rodadas já disputada neste Brasileiro. O time baiano aparece em 17º lugar, com 26 pontos, enquanto a equipe paulista figura na penúltima posição, com 24 pontos.