icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/08/2015
09:30

O técnico Juan Carlos Osorio tem alertado a diretoria para a necessidade de contratar reforços, mas não mantém esperanças de que isso vá acontecer. O treinador acredita que será muito difícil o clube trazer novos jogadores neste momento, já que a janela de transferências internacionais está fechada e a maioria dos atletas já fez sete jogos no Brasileiro, limite para se transferir a outro clube.

Osorio falou depois que Rogério Ceni cobrou reforços para a meia, um substituto de Ganso, e para o ataque, um substituto para Luis Fabiano, que deve ficar quase um mês fora se recuperando de uma torção no joelho direito.

- Primeiramente eu concordo com Rogério. O elenco precisa de reforços. Mas é muito difícil agora, porque não há muitos jogadores livres nos times. Nós seguiremos buscando na segunda divisão e reforços para mais para frente. Eu acho que é muito difícil pra agora, mesmo - falou o colombiano, em tom muito pessimista.

Com o grupo super reduzido, após a saída de oito jogadores negociados, o treinador tenta encontrar soluções dentro do próprio grupo. Nos últimos três jogos, escalou o lateral-esquerdo Carlinhos no ataque, no primeiro como ponta esquerda e nos demais como ponta direita. Já contra o Ceará, na última quarta-feira, utilizou o volante Thiago Mendes de centroavante no fim do jogo. Já tinha feito do zagueiro Breno um volante e do lateral-direito Auro um ponta. Ele explica.

- Eu fico intranquilo quando alguém de nós tem cartão amarelo. Tentei manter no jogo o Thiago, mas em outra posião, de menos contato. Pensei que com sua velocidade podria jogar de centroavante. Mais tarde achei que Hudson poderia ocupar a posição do Michel - disse Osorio.

- Acho que todos conhecemos a habilidade e capacidade do Thiago para jogar como segundo meia, como um meia de ida e volta. Mas como volante, protegendo a defesa, ele melhorou atráves do treinamento e agora é muito importante para o equilíbrio do time - completou.
Com a perda de oito jogadores, o São Paulo foi ao mercado e até o momento trouxe três jogadores: o zagueiro Luiz Eduardo veio do São Caetano, o atacante Wilder chegou do Toluca (MEX), e Rogério, também atacante, foi contratado do Vitória.

O técnico Juan Carlos Osorio tem alertado a diretoria para a necessidade de contratar reforços, mas não mantém esperanças de que isso vá acontecer. O treinador acredita que será muito difícil o clube trazer novos jogadores neste momento, já que a janela de transferências internacionais está fechada e a maioria dos atletas já fez sete jogos no Brasileiro, limite para se transferir a outro clube.

Osorio falou depois que Rogério Ceni cobrou reforços para a meia, um substituto de Ganso, e para o ataque, um substituto para Luis Fabiano, que deve ficar quase um mês fora se recuperando de uma torção no joelho direito.

- Primeiramente eu concordo com Rogério. O elenco precisa de reforços. Mas é muito difícil agora, porque não há muitos jogadores livres nos times. Nós seguiremos buscando na segunda divisão e reforços para mais para frente. Eu acho que é muito difícil pra agora, mesmo - falou o colombiano, em tom muito pessimista.

Com o grupo super reduzido, após a saída de oito jogadores negociados, o treinador tenta encontrar soluções dentro do próprio grupo. Nos últimos três jogos, escalou o lateral-esquerdo Carlinhos no ataque, no primeiro como ponta esquerda e nos demais como ponta direita. Já contra o Ceará, na última quarta-feira, utilizou o volante Thiago Mendes de centroavante no fim do jogo. Já tinha feito do zagueiro Breno um volante e do lateral-direito Auro um ponta. Ele explica.

- Eu fico intranquilo quando alguém de nós tem cartão amarelo. Tentei manter no jogo o Thiago, mas em outra posião, de menos contato. Pensei que com sua velocidade podria jogar de centroavante. Mais tarde achei que Hudson poderia ocupar a posição do Michel - disse Osorio.

- Acho que todos conhecemos a habilidade e capacidade do Thiago para jogar como segundo meia, como um meia de ida e volta. Mas como volante, protegendo a defesa, ele melhorou atráves do treinamento e agora é muito importante para o equilíbrio do time - completou.
Com a perda de oito jogadores, o São Paulo foi ao mercado e até o momento trouxe três jogadores: o zagueiro Luiz Eduardo veio do São Caetano, o atacante Wilder chegou do Toluca (MEX), e Rogério, também atacante, foi contratado do Vitória.