Dorival quer evitar o desgaste dos titulares

Técnico segue com voto de confiança dos dirigentes para enfrentar o CRB na quarta (Rubens Chiri/saopaulofc.net)

William Correia
26/02/2018
13:00
São Paulo (SP)

A diretoria do São Paulo se reuniu na manhã desta segunda-feira, com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva presente, para avaliar o trabalho de Dorival Júnior. E o técnico, apesar de estar há três partidas sem vencer, segue no cargo.

O encontro envolvendo os dirigentes ocorreu no CT da Barra Funda e começou enquanto Dorival comandava atividade no campo. Entre os presentes na reunião, estavam, além de Leco, o diretor executivo de futebol Raí, o coordenador de futebol Ricardo Rocha e o superintendente de relações institucionais Diego Lugano.

Mas a reunião, segundo os presentes, não chegou nem a ter como discussão a permanência de Dorival, já decidida logo após o 0 a 0 diante da Ferroviária, no Morumbi, nesse domingo. O intuito foi a avaliação do trabalho do treinador para enxergar evolução e formular cobranças, caso necessárias.

Dessa forma, mesmo com a demissão cobrada por torcedores e chamado de "burro", Dorival comandará a equipe contra o CRB, às 19h30 desta quarta-feira, novamente no Morumbi, pelo confronto de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Mas o resultado diante dos alagoanos pode definir o futuro do técnico.

Dorival chegou ao São Paulo em julho e comandou a recuperação no segundo turno do Campeonato Brasileiro que evitou o rebaixamento. Tem contrato até dezembro, com 37 jogos no clube, acumulando 15 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. Lidera o Grupo B do Campeonato Paulista e avançou com 100% de aproveitamento na Copa do Brasil, mas vem convivendo com vaias ao longo do ano diante das fracas atuações do time.