LANCE!
30/03/2017
14:18
São Paulo (SP)

O São Paulo sofrerá com o desfalque de Cueva. Exame feito nesta quinta-feira na capital paulista detectou um edema e um estiramento muscular leves na coxa esquerda do jogador, que se lesionou durante o duelo do Peru contra o Uruguai na última terça-feira pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

O clube não divulgou o prazo de recuperação, mas a tendência é que ele fique fora dos confrontos pelas quartas de final do Paulista contra o Linense, nos dois próximos fins de semana, e também perca a ida da primeira fase da Copa Sul-Americana, na próxima quarta-feira, contra o Defensa y Justicia (ARG). A expectativa é que ele volte no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, no dia 13 de abril. 

O jogador já está sob os cuidados do departamento médico e realizará o trabalho fisioterápico no Reffis em período integral até ficar novamente à disposição do técnico Rogério Ceni. Durante a coletiva de imprensa da última quarta após a vitória sobre o São Bernardo, o comandante lamentou o desfalque do armador.

- Vínhamos poupando o Cueva em alguns jogos, porque estava sentindo justamente no lugar que sofreu a lesão. Segurei em alguns jogos, tirei contra o Palmeiras. Nós escolhemos poupar e tirar mais cedo em alguns jogos justamente porque reclamava dessa dor. Perco por dois jogos da Seleção, mas faz parte da vida - afirmou Rogério.

Com o desfalque de Cueva, o São Paulo apostou na contratação do meia Thomaz Santos, que estava no Jorge Wilstermann da Bolívia. Ele se destacou conrta o Palmeiras na Libertadores e chamou a atenção da comissão técnica. Tem 30 anos, assinou contrato de três anos e será inscrito no Paulista.

Rogério Ceni também disse que a chegada de Thomaz não impede a contratação de Everton Ribeiro, do Al Ahli (EAU). A diretoria negociação a contratação do meia há algum tempo, justamente para aliviar a dependência de Cueva, vice-artilheiro do time na temporada, com sete gols, um a menos que Gilberto.