Bruno pede São Paulo aguerrido

Lateral-direito Bruno falou em entrevista coletiva

LANCE!
11/11/2016
14:01
São Paulo (SP)

Se tem um jogador no grupo do São Paulo que conhece bem Wellington Nem, reforço anunciado pelo clube, é o lateral-direito Bruno. Companheiro do atacante no Figueirense e no Fluminense, Bruno exaltou a contratação do jogador que chega por um ano de empréstimo, do Shakhtar Donetsk (UCR). Bruno ainda disse que é preciso mais aquisições para brigar por título em 2017.

- Precisamos nos reforçar, porque terminando o campeonato outros jogadores podem sair. O Wellington é um excelente jogador, jogamos juntos no Figueirense e Fluminense. Ele está muito feliz de vestir essa camisa, nos falamos. Vai ajudar muito. Mas precisamos, sim, e a direção está trabalhando para ter um ano 2017 melhor com títulos - declarou o camisa 2, em entrevista coletiva nesta sexta-feira no CT da Barra Funda.

Bruno também falou sobre Michel Bastos. O lateral-direito também elogiou o colega de grupo, mas admitiu que ele tem se abatido por conta do mau momento. Em baixa, Michel não será mais aproveitado pelo técnico Ricardo Gomes e deve ser negociado em 2017.

- Ele está bem. O grupo é unido. Conversamos todos os dias. Claro que queria ajudar lá dentro. É profissional. Treina e está bem. Claro que às vezes encontramos o Michel meio cabisbaixo, mas é normal. Nos treinos sempre faz a parte dele. É uma família e apoiamos sempre - disse Bruno.

O lateral-direito ficou fora dos últimos jogos do São Paulo por conta de uma lesão muscular. Agora, espera encerrar bem a temporada e acredita que o time está bem servido de laterais para o ano que vem. Além dele, o argentino Buffarini é da posição, além do jovem Auro, cria da base.

- Nossa posição está bem servida. Tem Buffarini, eu, o Auro e até o Wesley. É questão de acertar. A briga será nossa. O São Paulo está bem servido. O ano foi complicado, mas vamos terminar bem os quatro jogos e ver o que a direção determina para pré-temporada - analisou o lateral.