Felipe Lucena
04/02/2016
00:02
São Paulo (SP)

O São Paulo volta para o Brasil com um empate em 1 a 1 e a vantagem de jogar por um empate sem gols na próxima quarta, contra o César Vallejo (PER). Graças às atuações de Ganso e Calleri, que saiu do banco para empatar a partida no segundo tempo. Confira as notas do LANCE!:

SÃO PAULO

6,0
Denis

Não teve culpa no golaço de Hohberg e fez boa defesa em cabeceio de Riojas. Seguro nas bolas alçadas.

6,0
Bruno

Deu ótimo cruzamento no lance em que Kardec marcou, mas o juiz não viu. Sem problemas na defesa, foi participativo.

5,5
Rodrigo Caio

Instável no 1 tempo, foi driblado no lance em que Chávez quase fez. Na etapa final, melhorou e fez desarme salvador.

5,5
Breno

Perdeu o tempo da bola em alguns lances e ajudou o César Vallejo a se aproximar da área. Tranquilo na saída.

6,5
Mena

Uma das melhores armas ofensivas do São Paulo. Foi o tempo todo ao ataque, fez boas jogadas e foi seguro atrás.

6,0
Hudson

Após um primeiro tempo tímido, aproveitou os espaços na etapa final e virou opção ofensiva. Quase fez um golaço.

5,0
Thiago Mendes

Longe de seu nível habitual. Errou muitos passes no campo de ataque e mal criou perigo. Acabou saindo.

4,5
Centurión

Mudou de lado em relação ao jogo de sábado e ficou aberto pela direita, mas foi ainda menos produtivo. Saiu.

7,0
Ganso

Acertou o travessão, deu a assistência e comprovou o que já se sabia: era o atleta mais talentoso em campo.

5,5
Michel Bastos

Dessa vez jogou pelo lado esquerdo. Movimentou-se bem, participou do jogo, mas cometeu erros técnicos.

5,5
Alan Kardec

Marcou um gol que o juiz não validou, é verdade, mas não conseguiu dar sequência à maioria dos lances. Substituído.

7,0
Calleri

Precisou de oito minutos para marcar um golaço ao seu estilo, por cobertura. Antes, já havia levado amarelo.

5,5
Carlinhos

Entrou para ajudar Mena a criar pelo lado esquerdo. Levou perigo nas cobranças de escanteio no fim.

5,5
Wesley

Sem Thiago Mendes, assumiu a função de levar a bola da defesa ao ataque. Deu bons passes, mas nada decisivo.

6,0
Téc: Edgardo Bauza

A defesa, assim como no sábado, não foi tão sólida quanto se esperava. Mas criou e não ganhou por falta de capricho.

Cesar Vallejo x São Paulo
Hohberg festeja primeiro gol do jogo (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

CÉSAR VALLEJO (PER)

6,5
Libman

Apesar de rebater todas, fez várias defesas importantes.

4,0
Requena

Levou um baile de Mena. Quando subiu, mostrou limitações.

4,0
Riojas

Atrapalhado como todo a defesa. Presa fácil para Calleri no gol.

5,0
Cardoza

Outro que apelou aos chutões. Quase fez gol de cabeça.

5,0
Guizasola

Ofereceu um pouco mais de resistência a Bruno do que Requena a Mena, mas também sofreu.

4,5
Ciucci

Teve muita dificuldade com Ganso. Deu liberdade ao meia.

5,0
Quinteros

Como o colega, sofreu com Ganso. Limitou-se a marcar.

6,5
Millán

Sua qualidade destoa dos demais. Muito bem na saída de bola.

7,0
Hohberg

É habilidoso, rápido e ainda fez um golaço. Um dos melhores do time.

6,0
Chávez

Outro que tem habilidade. Em bela jogada individual, quase fez.

5,5
Montes

Brigou com os zagueiros como deu, mas não teve chances.

4,0
Morales

Entrou para marcar: time tomou gol e ele foi amarelado.

5,0
Perea

Praticamente não recebeu bolas em condições de finalizar.

5,5
Téc. Franco Navarro

Time deixa muito espaço. Soube explorar suas poucas qualidades, mas deu sorte de não perder.