Ana Canhedo e Alexandre Guariglia
17/02/2016
21:46
São Paulo (SP)

O São Paulo começou muito mal sua trajetória na fase de grupos da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o Tricolor perdeu por 1 a 0 para o The Strongest, em partida disputada no Pacaembu. Thiago Mendes, Centurion e Bauza foram eleitos pelo LANCE! os piores do time no revés. Confira a avaliação a seguir:

5,5
Denis

Quando exigido, correspondeu, mas rebateu algumas bolas facéis. Não foi o responsável direto pelo revés.

5,0
Bruno

Precisa ir mais ao ataque, pois, quando chega, ajuda e leva perigo. Ficou muito preso em alguns momentos atrás.

5,0
Lucão

Assim como o restante da defesa, parou na jogada do gol. Mesmo assim, no restante se mostrou mais tranquilo.

5,0
Rodrigo Caio

Levou lindo drible no primeiro tempo e viu a bola do The Strongest parar na trave. Parou na jogada do gol.

5,0
Mena

Trabalhou bem à frente, principalmente com Michel Bastos. Ajudou. Mas atrás não foi bem na marcação. Atrasado.

6,0
Hudson

Dinâmico no meio de campo, atuou como elemento surpresa à frente e se mostrou importante. Foi bem. Saiu cedo.

4,5
Thiago Mendes

Muito afobado em vários lances, errou passes fáceis e perdeu algumas divididas. Esteve bem abaixo do normal.

4,5
Centurión

Participativo, porém inofensivo. Errou chutes simples, muitos passes e dribles.

5,0
PH Ganso

Não foi o vilão da derrota. Deu bons passes, mas sumiu no segundo tempo. Irritado no fim, foi mal.

5,0
Michel Bastos

Bons lances no ataque, principalmente no segundo tempo. Caiu de rendimento na etapa final. Poderia ter feito mais.

5,0
Alan Kardec

Perigoso com a bola no pé, mas teve poucas chances no tempo em que esteve em campo. Faltou movimentação.

5,5
Jonathan Calleri
Participativo, tentou de várias formas ajudar o São Paulo no ataque. Criou, cruzou e esteve na área para finalizar.

5,0
Rogério

Chegou a incomodar a defesa boliviana, mas se atrapalhou em alguns lances. Perdeu bola perigosa no meio de campo.

5,0
Kieza

Teve chance claríssima para empatar a partida e perdeu. Não teve mais oportunidades de marcar.

4,5
Edgardo Bauza

Demorou demais para tirar Centurión e apostar em Rogério. Cortou Caramelo, que foi bem no clássico. Confuso.

São Paulo x The Strongest
Bauza não foi bem nesta quarta (Foto: Mauro Horita/LANCE!Press)

6,0
Daniel Vaca

Foi inseguro com as mãos e pior ainda com os pés. Teve sorte.

6,5
F. Pereyra

O mais lúcido da defesa. Muito firme nos cortes dentro da área.

6,0
L. Maldonado

Atrapalhado, mas conseguiu segurar o adversário

6,0
L. Martelli

Começou bem, chegou a falhar, mas acabou se recuperando.

6,5
Chumacero

Teve participação fundamental na jogada ensaiada do gol.

5,5
Raúl Castro

Outro que acabou se atrapalhando na marcação durante o jogo

6,5
W. Veizaga

Não aliviou nas divididas e conteve o ímpeto adversário.

5,5
E. Cristaldo

Mal posicionado, chegou atrasado até em bolas mais simples.

6,5
Pablo Escobar

Foi o organizador do time e o mentor do tento da vitória.

7,0
M. Alonso

Ajudou na primeira marcação e, de cabeça, fez o gol do triunfo.

6,5
R. Ramallo

Participativo. Bola na trave e perigo em todas as suas jogadas.

5,5
C. Neumann

Entrou no ataque, mas ajudou muito na marcação defensiva

6,0
D. Bejarano
Corrigiu a cobertura pelo lado esquerdo do campo boliviano.


M. Torres

Entrou para segurar o resultado. Pouco tempo para availação.

7,5
Mauricio Soria

Parou o São Paulo e ensaiou bela jogada do gol da vitória.