LANCE!
04/10/2017
15:13
Santos (SP)

Matheus Jesus surpreendeu quando começou o clássico contra o Palmeiras como titular, já que Vecchio e Leandro Donizete pareciam estar à sua frente na concepção do técnico Levir Culpi. A surpresa maior aconteceu ao fim da partida, na qual o volante foi um dos destaques do Santos, que venceu por 1 a 0, no Allianz Parque.

Quatro dias após a partida, a primeira do camisa 22 como titular do Peixe, o garoto de 20 anos ainda se lembra com detalhes das jogadas, em especial das mais ousadas.

- O Levir passar muita tranquilidade para o grupo. O elenco sempre me apoiou e me acolheu. Jogo do jeito que eu gosto. Gosto de fazer jogadas bonitas, coisas difíceis. Acho que até abusei um pouco, mas deu certo - afirmou.

Porém, mesmo com a boa avaliação do treinador, Matheus Jesus deve voltar ao banco de reservas. Até o dia 12, quando o Santos enfrenta a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, Renato deverá estar à disposição da comissão técnica.

O camisa 8 tratou dois edemas na perna direita e um inchaço no tornozelo. Ele corre em volta do gramado e deve reforçar o time na 28ª rodada do Brasileirão.

Mesmo assim, Matheus não deixa de pensar no reencontro com o clube que o revelou. Ele deixou a Macaca em junho para ir ao Estoril, de Portugal, mas não chegou a entrar em campo na Europa e logo foi emprestado ao Santos.

- Renatinho vai voltar, né? (risos). Tem que esperar. Não sei como serei recebido, o carinho que eu tenho com o clube por lá.... Eu tenho um carinho muito grande por todos da Ponte. Agora eu sou do Santos, então tenho que dar o meu máximo, se eu entrar. Vou me dedicar ao máximo para ajudar o Peixe - concluiu.

Canhoto, Matheus Jesus foi contratado logo após a venda de Thiago Maia ao Lille, da França. Até então, Levir Culpi vem utilizando Alison na função, mas promete dar mais oportunidades ao recém-chegado.