Copa do Brasil - Rio Branco x Santos (foto:Reprodução)

Rafael Longuine comemora o primeiro gol da partida entre Santos e Galvez-AC (foto:Reprodução)

Léo Saueia
11/05/2016
21:23
São Paulo (SP)

Positivo e operante! Diante dos militares do Galvez-AC, os 'tenentes' do Santos acataram as ordens do suplente comandante Lucas Silvestre, venceram a batalha por 3 a 0 e eliminaram o novo embate na próxima quarta-feira.

Com nítida diferença técnica entre os quartéis, os suplentes alvinegros se impuseram desde o início. Munidos de bom futebol e abusando do desarmamento rival, o Peixe logo chegou à meta acriana.

Moraes derrubou o soldado Fernando Medeiros na área. Pênalti e Rafael Longuine na cobrança. Positivo? Negativo. O “aspira” bateu mal e o goleiro Máximo defendeu.

Depois, porém, o mesmo Longuine teve a chance de se redimir e abriu o placar após sobra na área.

Na boa troca de passes entre Raianderson e Tonho Cabañas, o coronel do Galvez, Caju teve de se esforçar e defender seu quartel de ataque. Quase gol de Raianderson.

Antes do apito final, o major Paulinho se impôs no campo de batalha, limpou dois oponentes e contou com a falha de posicionamento de Máximo para ampliar o placar.

Na volta do intervalo, o Galvez seguiu sem repertório e se complicou ainda mais em seu campo minado. O jovem Fernando Medeiros pegou sobra após bate-rebate na grande área e deu um toque por baixo de Máximo. 3 a 0 no placar e nova batalha garantida na Copa do Brasil. Na próxima “guerra”, o Santos encara o exército de América-RN. ABC-RN ou Gama.

Com o placar já definido e o adversário garantindo derrota, o Peixe tentou um cessar-fogo, mas o rival seguiu à risca o código militar e, armado, foi para cima. No entanto, usou o instrumento onde não podia e cometeu outra penalidade máxima.

Longuine vai para o fuzilamento de novo? Serginho! Positivo desta vez? Negativo. Máximo acertou o canto e defendeu outra cobrança.

Garantido e de farda limpa no embate, o Santos ainda teve tempo de estraçalhar ainda mais o oponente, mas teve a humildade de uma boa tropa e apenas segurou o jogo. Positivo e operante! Na terceira fase do torneio, o Peixe terá pela frente o vencedor do jogo entre o ABC e quem passar de América-RN e Gama (partida válida ainda pela primeira fase). 

FICHA TÉCNICA
GALVEZ-AC 0 X 3 SANTOS


Local: Arena da Floresta, Rio Branco (AC)
Data-Hora: 11/5/2016 - 19h30
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Valdebranio da Silva (RO) e Rener Santos de Carvalho (AC)

Público/renda: Não divulgados
Cartões amarelos: Araújo Jordão e Chumbo (GAL), Paulinho (SAN)
Cartões vermelhos: -
Gols: Rafael Longuine (36'/1ºT) (0-1), Paulinho (45'/1ºT) (0-2) e Fernando Medeiros (14'/2ºT) (0-3)

GALVEZ-AC: Máximo; Renan, Valtenir, Gato e Layo (Radames, no intervalo); Wilson, Morais, Olliver (Thiago, aos 19'/2ºT) e Careca (Douglas, aos 24'/2ºT); Araújo Jordão e Tonho Cabañas. Técnico: Zé Marco.

SANTOS: Vladimir; Daniel Guedes (Valencia, no intervalo), Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Caju; Leandrinho, Fernando Medeiros (Gregore, aos 36'/2ºT), Rafael Longuine e Serginho; Paulinho (Maxi Rolón, aos 19'/2ºT) e Lucas Crispim. Técnico: Lucas Silvestre.