Pelé demonstra bom humor durante coletiva de imprensa em São Bernardo do Campo (Foto: Nelson Almeida/AFP)

Pelé cedeu objetos para Santos (Foto: Nelson Almeida/AFP)

RADAR/LANCE!
10/03/2016
12:33
Santos (SP)

O Rei Pelé doou, nesta quarta-feira, o seu acervo pessoal para a cidade de Santos. Deste modo, os objetos do Rei, que estão no Museu Pelé, são de propriedade da prefeitura, agora responsável por administrar o local. Mineiro nascido em Três Corações, Pelé afirmou que nada mais justo para ele que ter suas lembranças da carreira de jogador na cidade onde ele se tornou a maior lenda de todos os tempos do futebol mundial.

- Quem agradece, na realidade, sou eu. Agora realmente é "Pelé eterno". Estava dizendo para o prefeito que é uma honra muito grande, porque eu saí daqui de Santos para o mundo. Por que não ter a minha memória definitivamente aqui em Santos?

Paulo Alexandre Barbosa, prefeito de Santos pelo PSDB-SP, afirmou que Pelé é um personagem super importante para a cidade e agradeceu ao Rei a doação feita à Prefeitura.

- É um passo histórico para Santos, para que possamos eternizar toda a história de Pelé na cidade. Minha palavra hoje aqui é de agradecimento ao nosso Rei Pelé, que está sempre levando Santos para o mundo e hoje marca mais um gol de placa - afirmou Alexandre.

Ao todo, o acervo doado por Pelé tem 560 itens, sendo que apenas 160 deles estão expostos. Os objetos estão avaliados em R$ 20 milhões. Pelé está com 75 anos. No ano passado, passou por alguns problemas de saúde, sendo inclusive, operado no quadril, mas garante estar bem.

- Estou bem melhor, mas não 100% ainda. Vou me preparar para as Olimpíadas, pois eu nunca joguei uma... Então, estou bem... Se Deus quiser, logo logo estarei batendo uma bola no Santos - disse Pelé, ao brincar sobre a recuperação.

No Santos, Peé atuou por 18 anos e foi protagonista de um dos maiores times da história do futebol. Jogou ainda no Cosmos, dos Estados Unidos, e na Seleção Brasileira, pela qual conquistou três títulos da Copa do Mundo.