Santos x Ferroviária

Paulinho marcou dois gols na vitória do Santos sobre a Ferroviária  (Foto: Ivan Storti/Lancepress!)

LANCE!
01/04/2016
16:34
Santos (SP)

A primeira fase do Paulistão está chegando ao fim e o Santos já está garantido na segunda etapa. Mas o técnico Dorival Júnior ainda tem um pequeno quebra-cabeça a resolver na escalação titular de sua equipe: a terceira vaga no ataque alvinegro.

Primeiro a receber oportunidade na função que pertencia a Marquinhos Gabriel em 2015, o atacante Paulinho não aproveitou e saiu do time. Agora, com os concorrentes Patito, Neto Berola e Serginho também sem convencer o comandante, Paulinho ressurgiu na equipe titular e marcou dois gols no último jogo, diante da Ferroviária, na Vila Belmiro.

Para o atacante, os gols não lhe garantem a titularidade, mas conferem a ele "pequena vantagem" em relação aos demais.

- Não digo um passo à frente, mas levo uma pequena vantagem. Mas a gente sabe a qualdiade dos outros na posição, a briga está boa, quem está entrando tem dando conta do recado. Dorival tem a confiança de todos, sempre nos passou isso, até mesmo quando cheguei ele me passou confiança. Não só para mim, pelo que percebi ele dá a todos, e isso valoriza nosso trabalho e nos dá mais força para buscar o melhor. Quem entrar, por quem ele optar, sei que vai estar preparado - disse o camisa 26.

No duelo da última quinta, quando o Peixe bateu a Ferroviária de virada, muito se elogiou a capacidade de Lucas Lima entrar e mudar os rumos da partida. Além de exaltar o camisa 20, Paulinho ainda disse estar aprendendo com os outros titulares: Gabigol e Ricardo Oliveira.

- Dá para aprender e muito. Estou aprendendo muito aqui, principalmente com o Ricardo Oliveira, que vem sempre conversando com quem joga ao lado dele, para posicionar bem que ele sempre vai estar se movimentando nas laterais com condições de finalizar. Lucas Lima não temos o que falar, dele a gente se prepara para tudo. Em uma jogada do nada ele consegue achar um belo passe, e o Gabriel pela ponta a gente sabe o estilo de jogo, corta para o meio e finaliza bem - elogiou.