Léo Saueia
05/06/2016
14:20
São Paulo (SP)

O Santos goleou o Botafogo na manhã deste domingo por 3 a 0 no Pacaembu e acabou com uma sequência de três jogos sem vitórias no Brasileirão. Após sofrer críticas da torcida nos últimos jogos, principalmente por conta da escalação do time no clássico contra o Corinthians, o técnico Dorival Júnior deixou o estádio satisfeito com o desempenho da equipe.

De acordo com o comandante santista, a equipe entrou em campo com postura diferente em relação às derrotas contra Internacional e Corinthians nas últimas duas rodadas. Para Dorival Júnior, o Santos voltou a envolver um adversário com toque de bola, mas ainda é necessário melhorar em alguns aspectos para a sequência da competição.

- Acho que a atitude foi diferente. Enfrentamos grandes adversários que foram superiores. Hoje o Santos veio com outro propósito, com cada um tentando fazer seu melhor e não perdendo espírito de equipe. Espero que tenhamos uma semana boa de preparação para que tenhamos uma equipe melhor postada ainda, já que a exigência é sempre alta. Enfrentaremos adversário que era uma das líderes do campeonato. Temos que ter cuidado e procurar melhorar. Satisfeito pelo resultado, mas temos que ter consciência de que precisamos estar atentos e melhorar - destacou, referindo-se ao jogo contra o Santa Cruz, no próximo domingo, no Arruda, em Pernambuco. 

Dorival reconhece que a qualidade técnica do Santos é inferior sem o trio Gabigol, Lucas Lima (na Seleção) e Ricardo Oliveira (lesionado), mas admite já buscar uma nova maneira de a equipe se portar em campo e elogia a intensidade diante do Botafogo, neste domingo.

- Contra o Coritiba, Inter, Corinthians, o próprio Atlético... estivemos bem aquém. Perdemos muito da velocidade que tínhamos. Acho que hoje voltamos a ter um bom volume de jogo, criação do meio de campo, marcação encaixada, troca de passes. Nós tivemos paciência, invertemos. Estamos buscando jogar de outra forma, vamos ver se conseguimos acelerar e melhorar - elogiou.

O elenco do Santos folga nesta segunda-feira e se reapresenta apenas na manhã de terça, já de olho no duelo contra o Santa Cruz, no próximo domingo, no Arruda, pela sétima rodada do Brasileirão.