Gabriela Brino
19/11/2017
06:00
Santos (SP)

Titular pela última vez há dois meses, Vecchio volta a ter uma oportunidade na equipe do Santos com Elano. O técnico utilizou o meia na primeira vez em que assumiu o comando do time, logo após a demissão de Dorival Júnior. Agora, em uma sequência de três derrotas consecutivas, algo que não acontecia desde 2015, o treinador vê o argentino como salvação para o meio de campo.

Nova chance para Vecchio, que não atua desde o empate com o Vitória, no empate por 2 a 2, no Pacaembu, na 28ª rodada. Neste domingo, contra o Grêmio, às 19h, na Vila Belmiro, o jogador poderá voltar a provar que tem qualidade para substituir Lucas Lima, um dos jogadores mais importantes do elenco.

Suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, o camisa 10 será desfalque contra o time gaúcho e dará espaço para um argentino que foi aplaudido por cerca de 34 mil brasileiros no Pacaembu, contra a Bahia, na vitória por 3 a 0, no Brasileiro.

Sem a resposta para a proposta de renovação no Peixe, Lucas já está sendo descartado para compor o elenco na próxima temporada. E este domingo será crucial para Vecchio, que pode ganhar uma sequência na posição.

O treinador, inclusive, tem feito diferentes testes no meio de campo. No sábado, último dia de preparação, Elano utilizou Serginho e Jean Mota como opções, mas definiu o time com Vecchio.

O Peixe pode garantir neste fim de semana sua classificação para a fase de grupos da Libertadores de 2018. Para isso, precisa vencer o Grêmio e torcer por tropeços dos cariocas Botafogo, Flamengo e Vasco.