Copete, Santos 1 x 0 Grêmio

Copete ganha nova chance no Santos após desencantar contra o Grêmio (Foto: Ivan Storti)

Gabriela Brino e Russel Dias
20/11/2017
06:00
Santos (SP)

Depois de ver Lucas Crispim, Thiago Ribeiro e Vladimir Hernández atuando como ponta, Copete retornou ao time titular do Santos como aposta do técnico Elano. E foi o colombiano quem deu a vitória ao Peixe contra o Grêmio, no domingo, na Vila Belmiro, após problemas físicos que o impede de atuar os 90 minutos.

Por conta da queda de rendimento, o ponta se tornou alvo de críticas de parte da torcida, mas o que não sabiam é que o atacante fez exames que apontaram falta de força. Na luta pela recuperação desde sua última lesão, (sofreu mialgia no músculo adutor da coxa esquerda) em setembro, no clássico contra o Corinthians, o camisa 36 ainda faz tratamento de fortalecimento muscular.

Consequentemente Copete perdeu espaço, tanto que antes de atuar contra o Grêmio sua última partida como titular foi em outubro, na vitória por 1 a 0, contra o Atlético-GO. Porém, Elano deu uma nova chance ao colombiano contra o Tricolor e ele desencantou ao balançar a rede, mas acabou substituído por não aguentar um tempo inteiro. Seu último gol havia sido contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, em julho.

Satisfeito com a atuação do atacante, Elano vê Copete como um dos melhores atletas táticos do Peixe e explicou que já pretendia contar com ele.

- Eu acredito muito no Copete. Taticamente é um dos melhores que temos no elenco. Eu senti ele triste, conversei. Quando escalei o time na minha cabeça eu contava com ele. Eu perguntei "O que posso fazer para ele voltar a jogar" e ele disse "conta comigo, irmão" e eu falei "você vai jogar" - explicou após a vitória sobre o Grêmio em entrevista coletiva.

Com o bom desempenho no último domingo, o atleta deve ganhar sequência na posição, já que Arthur Gomes correspondeu apenas no jogo contra o Atlético-MG e caiu de produção nos dois jogos seguintes (Vasco e Chapecoense).