Guilherme Amaro e Alexandre Guariglia
26/04/2017
21:41
Santos (SP)

Vanderlei garantiu mais um jogo sem ser vazado e os atacantes do Santos resolveram na vitória por 2 a 0 sobre o Paysandu, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O goleiro se destacou com boas defesas no primeiro tempo, enquanto que Bruno Henrique, com um golaço, e Copete decidiram na etapa final. Confira as notas do duelo:

SANTOS

7,5
Vanderlei

Salvou o Santos em duas oportunidades, cara a cara com o adversário. Mostrou segurança nas saídas pelo alto.

5,0
Victor Ferraz
Fez um péssimo primeiro tempo, mas evoluiu na etapa final. Chegou à linha de fundo e deu cruzamentos perigosos.

6,0
Lucas Veríssimo
Fez um corte providencial em contra-ataque do Paysandu. Não comprometeu na defesa.

5,5
David Braz
Deu mais espaços que o companheiro de zaga e levou amarelo por fazer falta necessária. Ganhou muitas bolas pelo alto no ataque.

4,5
Matheus Ribeiro
Não acompanhou Leandro Carvalho, que só não marcou porque Vanderlei salvou. Foi testado na esquerda, deu espaços e pouco fez no ataque.

6,0
Thiago Maia
Foi um dos mais ativos da equipe no primeiro tempo, indo bem na transição ao ataque. Deu alguns vacilos na marcação.

5,5
Renato
Deu bons lançamentos, como de costume, mas poderia ter aparecido mais. Parou os adversários com faltas ou desarmes.

6,0
Lucas Lima
Buscou o jogo e organizou a equipe, mas não conseguiu criar oportunidades de perigo. Faltou capricho nos cruzamentos.

3,5
Vitor Bueno
Apático, errou praticamente tudo que tentou. Foi vaiado por parte da torcida ao ser substituído no segundo tempo.

7,5
Bruno Henrique
Já havia sido o melhor do time no primeiro tempo. No segundo, manteve o ritmo com as jogadas pela esquerda e marcou um golaço de fora da área.

5,5
Ricardo Oliveira
Recebeu poucas bolas, é verdade, mas errou a maioria das finalizações que tentou. Foi flagrado em impedimento três vezes.

5,5
Arthur Gomes
Foi o primeiro a entrar e não conseguiu mudar a postura ofensiva da equipe. Voltou para ajudar na marcação.

7,0
Copete
Entrou aos 37 minutos do segundo tempo para jogar de lateral-esquerdo. Apareceu bem dentro da área para marcar de cabeça.

7,0
Vladimir Hernández
Entrou aos 41 minutos do segundo tempo, sofreu a falta e depois cobrou para Copete marcar o segundo.

5,5
Téc: Dorival Júnior
Teve estrela nas substituições por conta do segundo gol, mas demorou muito para mexer. Santos não jogou bem, mas leva boa vantagem.

PAYSANDU

6,0
Emerson
Não teve o que fazer no golaço de Bruno Henrique. Atuação média.

5,0
Ayrton
Ficou assistindo aos movimentos de Bruno Henrique no primeiro gol.

5,5
Perema
Embora tenha dado espaços, também fez alguns bons desarmes.

5,5
Gilvan
Assim como o companheiro de setor, teve altos e baixos durante o jogo.

6,5
Hayner
Fez um desarme preciso na hora em Ricardo Oliveira chutaria para gol.

5,0
Augusto Recife
Muitos erros de passe e falta de ação no primeiro gol do Santos.

6,5
Wesley
Quase fez gol de cabeça no início e puxou perigosos contra-ataques.

5,5
Rodrigo Andrade
Levou amarelo muito cedo, ficou apagado e foi substituído.

6,0
Leandro Carvalho
Teve a melhor chance de gol de seu time, mas perdeu.

6,5
Bergson
Arriscou dribles e chutes, em um deles quase marcou um golaço.

5,5
Alfredo
Atuação discreta do atacante, pouco participativo nos avanços.

5,5
Leandro Cearense
Substituiu Alfredo, mas também pouco apareceu.

5,5
Diogo Oliveira
Teve uma jogada importante, mas nada que mudasse o jogo.

5,5
Jhonnatan
Perdeu gol de cabeça em lance já nos minutos finais da partida.

6,0
Téc: Marcelo Chamusca
Time foi bem, no entanto não conseguiu marcar um gol.