Jean Chera

Jean Chera retornou ao Peixe no ano passado, com 20 anos de idade (Foto: Ivan Storti)

LANCE!
04/02/2016
16:55
Santos (SP)

Depois de firmar uma parceria com a Portuguesa Santista, o Santos irá ceder 14 jogadores para o clube vizinho disputar a quarta divisão do Campeonato Paulista. O destaque da lista é o meia Jean Chera, de 20 anos, que seria emprestado ao Vitória-PE.

O jogador, que retornou ao Alvinegro no ano passado, havia sido liberado para o clube pernambucano, mas não houve acordo na negociação.

Apontado desde os 11 anos como promessa da Vila Belmiro, o garoto não entrou em acordo no momento em que foi assinar o primeiro contrato profissional com o clube. Agenciado por seu pai, Chera pediu um vínculo de três anos com o Santos, com salários progressivos (R$ 75 mil no primeiro ano, R$ 100 mil no segundo e R$ 130 mil no terceiro), além de luvas avaliadas em R$ 1 milhão. O Santos não queria pagar nada além de R$ 30 mil mensais, e recusou a proposta.

Na sequência da carreira, Jean Chera não deu mostras de que valia o investimento. Ele passou por Genoa (Itália), Flamengo, Atlético-PR, Cruzeiro, Oeste, Universitatea Craiova (Romênia), Pinheiros-SC, Paniliakos (Grécia) e Cuiabá, e jamais se destacou. Ano passado, de férias em Santos, entrou em contato com a diretoria pedindo uma segunda chance, já que estava no último ano de categoria de base. Depois de alguma insistência, o clube aceitou, desde que ele recebesse o salário mínimo das divisões de base e começasse na categoria sub-23, implantada em 2015 e que disputou apenas amistosos e jogos-treino. Dedicado, Chera aceitou, perdeu peso, agradou e fez a comissão técnica pedir sua renovação.

No total, irão para a Briosa um goleiro, dois zagueiros, quatro laterais, dois volantes, dois meias e três atacantes.

Confira a lista:
Goleiro: Filipe Costa
Zagueiros: Alisson e Venicio
Laterais: Gabriel Ardenghi, Gleison Silva, Marco Antonio e Lucas Ybom
Volantes: Kauê Rivera e Carlos Alberto
Meias: Patrick Gomes e Jean Chera
Atacantes: Caio Felipe, Silas Passos e Pedro Henrique Carvalho