LANCE!
02/11/2016
12:26
São Paulo (SP)

Na visão de Tchê Tchê, o meio-campista Moisés é insubstituível no Palmeiras. Isso não quer dizer que os candidatos a substituí-lo no jogo contra o Internacional, às 17h de domingo, no Allianz Parque, não tenham qualidade. A questão é a diferença nas características.

- Quem entrar terá característica diferente do Moisés. Cleiton, Gabriel, Thiago, não sei quem vai entrar. O Moisés tem um passe muito bom, os outros são de marcação, o Cleiton é um cara com qualidade indiscutível também. Quem entrar vai dar conta - analisou Tchê Tchê, lembrando que o colega está suspenso pelo terceiro amarelo.

Cuca pode optar por uma substituição simples no meio de campo: manter Jean e Tchê Tchê no setor e apenas adicionar um meio-campista no lugar de Moisés. Thiago Santos e Gabriel são as opções mais prováveis para fortalecer a marcação, enquanto Cleiton Xavier e Zé Roberto (com Egídio na lateral esquerda) são as alternativas mais ofensivas. O técnico também pode sacar Fabiano, devolver Jean à lateral direita e colocar tanto um volante de marcação quanto um armador junto de Tchê Tchê na faixa central.

- Não vou falar (quem vai substituir o Moisés), até porque eu não sei (risos). O Cuca, às vezes, cria um enigma até para nós. Às vezes treina uma coisa e quando chega lá na hora já mudou. Tenho certeza que quem entrar vai dar conta. E esperamos que nossa torcida ajude muito - acrescentou Tchê Tchê, que brincou sobre Moisés tê-lo definido como seu melhor companheiro na carreira:

- Depois que eu vi essa matéria, até mandei uma mensagem para ele: "Caraca, já jogou com tanto cara e vem falar que sou o melhor? Quer enganar quem?".