Thiago Ferri
10/09/2016
07:15
São Paulo (SP)

Depois de passar por cirurgia no cotovelo direito há pouco mais de um mês, Fernando Prass está evoluindo bem no tratamento. De acordo com o fisioterapeuta do Palmeiras Jomar Ottoni, o camisa 1 já está recuperado para fazer todos os movimentos no local. O processo, contudo, ainda é longo.

– O Prass anteontem (terça) fez a reavaliação de um mês (da cirurgia) e funcionalmente ele está totalmente recuperado. Movimentação de cotovelo, movimentação de ombro, os gestos funcionais, sem sobrecarga, ele já faz todos. Claro, ele não pode ainda ter impacto – explicou.

Apesar da boa evolução e do empenho do goleiro de 38 anos, não há um prazo para seu retorno. No clube, a meta é conseguir fazer o ídolo voltar “ainda melhor”. Neste início de recuperação, o camisa 1 tem dado ênfase aos treinos físicos, além da fisioterapia no local fraturado.

Existe a possibilidade de que ele consiga atuar novamente apenas ano que vem, mas mesmo Prass não quer se antecipar. De duas em duas semanas ele retorna ao médico para avaliar o local de lesão. Enquanto isso, dedica-se intensamente aos trabalhos na Academia de Futebol. 

– Não podemos querer encurtar etapas que não podem ser encurtadas. O que estamos tentando fazer é otimizar onde a gente pode. Ele (Prass) está todo o dia no clube, vive todos os jogos com a gente. Ele faz trabalho na fisioterapia, na preparação física, para quê? Para voltar melhor do que ele parou, se é que dá, né? Com ele funcionalmente bem, facilita muito, mas não dá para criar expectativa de antecipar a volta dele. Temos de respeitar a boa recuperação – disse o fisiologista Gustavo Magliocca.

Na sexta-feira, o goleiro como de costume fez uma visita aos companheiros no campo, ajudou Jailson, Róger Guedes e Thiago Santos a armarem o ataque de ovos no preparador de goleiros Oscar Rodriguez e ainda bateu bola. Depois, voltou à sua rotina. Apesar do baque, ele já disse que quer voltar tão bem quanto estava e até sonha com uma nova chance na Seleção Brasileira.