River (URU) x Palmeiras: jogo treino (foto: César Greco)

Palmeiras passou a semana no Uruguai (foto: César Greco)

LANCE!
23/01/2016
09:50
São Paulo (SP)

Palmeiras e Nacional vão "esquentar" a Copa Libertadores neste sábado. Os dois times se enfrentam no Grupo 2 da competição sul-americana, mas antes, esta noite, às 23h15 (de Brasília), no estádio Centenário, decidem o título da Copa Antel, torneio amistoso em Montevidéu (URU).

Pelo lado palmeirense, Marcelo Oliveira não se preocupa tanto com a taça. Sua maior intenção é dar padrão à equipe antes das competições de 2016. 

- Isso não é definitivo pra gente. Os jogos são mais preparatórios. Mas é sempre importante conviver com vitorias nesse inicio de trabalho. E não deixa de ser uma conquista, embora num período de preparação para começar as competições oficiais. Sempre se entra para ganhar, é isso que vamos fazer - analisou o treinador.

Para esta partida, o técnico faz algum mistério e não confirma se irá mexer na escalação - ele diz estudar duas mudanças. Arouca e Robinho se desgastam mais do que os outros e, por isso, são monitorados com cuidado. Caso não possam jogar, Moisés e Régis surgem como favoritos.

Pelo lado do Nacional, a equipe está empolgada, pois venceu o rival Peñarol (URU) por 3 a 1 na quarta-feira e de quebra derrubou o técnico adversário, Pablo Bengoechea. A escalação deve ser a mesma que jogou bem no clássico do Centenário.

Caso o confronto termine empatado no tempo normal, a decisão irá para os pênaltis. Cada time terá cinco substituições a fazer durante o confronto e os dois voltam a se enfrentar no dia 9 de março, já pela Libertadores. Neste sábado, mais cedo, às 20h55 (de Brasília), Libertad (PAR) e Peñarol decidem o terceiro lugar da Copa Antel.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL (URU) x PALMEIRAS

Local:
estádio Centenário, em Montevidéu (URU)
Data e horário: 23 de janeiro de 2016, sábado, 23h15 (de Brasília)
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Miguel Nievas e Hebert Bogao (ambos do URU)

NACIONAL: Conde; Fucile, Cabaco, Polenta, Espino; Romero, Porras, Barcia, González; Sebastián Fernández e Kevin Ramírez. Técnico: Gustavo Munúa.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Edu Dracena, Leandro Almeida e Zé Roberto; Matheus Sales e Arouca (Moisés); Robinho (Régis), Dudu e Gabriel Jesus; Alecsandro. Técnico: Marcelo Oliveira