LANCE
06/06/2016
07:30
São Paulo (SP)

O Palmeiras começou o Campeonato Brasileiro sofrendo com erros da arbitragem. Houve lances polêmicos em cinco das seis rodadas disputadas até agora, sendo que em três ocasiões o Verdão foi claramente prejudicado: contra Ponte Preta (gol mal anulado), Grêmio (gol impedido do rival) e Flamengo (pênalti não marcado).

A diretoria do clube prefere não fazer reclamações públicas. De acordo com o presidente Paulo Nobre, o Palmeiras comunica à CBF todas as vezes que se sente prejudicado pela arbitragem, mas sem fazer alarde.

Até agora, houve apenas um lance capital em que a equipe adversária reclamou de favorecimento da arbitragem ao Palmeiras: os gremistas acharam que o volante Walace sofreu falta no início da jogada que terminou em gol de Gabriel Jesus na quinta-feira passada.

Os lances polêmicos contra o Palmeiras:


Palmeiras 4 x 0 Atlético-PR - "Quase expulsão" de Barrios
​O árbitro Bruno Arleu de Araújo mostrou o cartão vermelho a Lucas Barrios, que já tinha amarelo, alegando que ele simulou uma falta em lance com Paulo André. Alertado pelo assistente, voltou atrás e confirmou corretamente a infração a favor do Palmeiras.


Ponte Preta 2 x 1 Palmeiras - Gol mal anulado de Jesus e expulsão de Cuca
Após cruzamento da esquerda, Gabriel Jesus mata no peito e toca por cima do goleiro. O atacante estava adiantado desde o início da jogada, mas recebeu a bola após um desvio de cabeça de um defensor da Ponte Preta, o que o coloca em condição de jogo. A arbitragem marcou impedimento. No mesmo jogo, Leandro Vuaden expulsou o técnico Cuca por reclamação, mas o técnico tinha razão no lance: Tchê Tchê não cometeu a falta assinalada pelo juiz.

São Paulo 1 x 0 Palmeiras - Suposta falta em Dudu
Alguns palmeirenses reclamam que Wesley teria cometido falta em Dudu ao desarmá-lo na jogada que terminou em gol de Paulo Henrique Ganso. O próprio Dudu, porém, deixou o gramado dizendo que não tinha nenhuma reclamação a fazer sobre o árbitro Ricardo Marques Ribeiro.

Palmeiras 4 x 3 Grêmio - Gol impedido do Grêmio

Bressan estava impedido no lance do primeiro gol do Grêmio. Depois da partida, o técnico Cuca disse que absolvia o auxiliar Rodrigo Henrique Correa, responsável por deixar o lance seguir.


Palmeiras 2 x 1 Flamengo - Pênalti não marcado

O árbitro Dewson Freitas acertou ao marcar pênalti e expulsar César Martins, que evitou um gol de Gabriel Jesus com a mão. Antes disso, porém, deixou de marcar um pênalti de Léo Duarte, que também usou a mão dentro da área.