Thiago Ferri e William Correia
13/10/2017
00:52
São Paulo (SP)

O discurso otimista, mirando chegar à primeira colocação do Campeonato Brasileiro, não deve ser mais visto no Palmeiras. Após empatar por 2 a 2 diante do Bahia, em jogo que estava ganhando por 2 a 0 no primeiro tempo, no Pacaembu, os jogadores falaram que falar em título brasileiro é destoar da realidade do c,lube.

- Nossa realidade, hoje, é muito distante do título, é tentar vencer o próximo jogo, que será sempre o mais importante. Não estamos realmente na briga pelo título, mas temos que brigar para ficar entre os primeiros colocados - disse o zagueiro Edu Dracena.

O clube está na quinta posição do Brasileiro, a 14 pontos do Corinthians, líder da competição. O Verdão, por sua vez, tem a pior campanha entre os times que estão na zona da tabela que dá vaga direta na fase de grupos da Libertadores, e só ocupa esse setor porque o Cruzeiro, por ser campeão da Copa do Brasil, já está classificado para o torneio continental e, por isso, aumenta a faixa, estando em segundo lugar.

- Nossa realidade é o G4. Temos de tentar nos manter no G4 para ir para a Libertadores direto. O título ficou mais difícil. Temos de lutar pelo G4 e ir para a Libertadores direto mesmo - comentou o capitão Dudu.

​- O título já estava distante. Aí você tem dois jogos em casa, chances de aproximar um pouco, e não consegue nenhuma vitória nesses dois jogos. Então, o título fica longe. temos de pensar em G4, e garantir a vaga na Libertadores - prosseguiu Moisés, lembrando da derrota para o Santos, no Allianz Parque, e do empate diante do Bahia, nesta quinta-feira.


O discurso dos jogadores aceitaram falar com a imprensa na saída do vestiário no Pacaembu é de foco total na partida contra o Atlético-GO, neste domingo, em Goiânia. E caminhar jogo a jogo para garantir uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

- Não adianta falar em título se não estamos fazendo a nossa parte. Primeiro, temos de fazer a nossa parte. Ganhando os jogos, vemos no final o que vai acontecer - comentou Dracena.