Renato - Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Renato foi revelado pelo Palmeiras e está emprestado ao Figueirense (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
16/10/2016
18:30
Florianópolis (SC)

O Figueirense reclamou de uma pressão do Palmeiras no volante Renato, emprestado ao clube catarinense. A princípio, o jogador começaria a partida deste domingo, mas de acordo com o Figueira, a diretoria alviverde falou com o atleta durante toda a semana para não deixá-lo atuar. 

- Ele foi pressionado pela diretoria do Palmeiras e não entrou em campo, o que eu acho uma vergonha, porque não tem cláusula de que ele não teria de jogar. Ele recebeu várias ligações falando que não poderia entrar em campo até porque ele tem contrato até 2019 com o Palmeiras. Então não adianta o Paulo Nobre e o Alexandre (Mattos) que deram uma entrevista ridícula (sobre arbitragem) querendo passar de bonzinho - detonou Branco, assessor da presidência do Figueira,à rádio CBN/Diário de Florianópolis (SC).

Antes, os clubes faziam contratos de empréstimo com uma cláusula que impedia seu jogador de atuar em casos como este, mas a Fifa vetou. Depois, começou a existir um acordo de cavalheiros para tirar os atletas desses jogos, mas também caçado pelas federações.

O Palmeiras, procurado, avisou que não irá se pronunciar sobre o assunto. Renato, que está emprestado ao Figueirense até dezembro, foi cortado até do banco de reservas do jogo deste domingo.