LANCE!
08/09/2016
00:43
São Paulo (SP)

Para Cuca, o gol que o Palmeiras levou do São Paulo foi decisivo para a vitória alviverde no Choque-Rei. Depois de um tempo sem grandes chances, o Verdão estava perdendo logo após o intervalo e teve de buscar a virada com Mina e Vitor Hugo. Segundo o técnico, sua equipe "perdeu o medo".


- Tivemos um comando do jogo, um controle do jogo, mas o São Paulo era sempre perigoso e a gente entendia que o São Paulo jogava por uma bola. Plano inteligente do Ricardo (Gomes), o Kelvin achou o Chavez, e às vezes faz bem você tomar o gol, porque perde o medo de perder. Ali tinha que jogar, já estava perdendo mesmo. Encontramos o empate, fizemos por merecer a vitória, criamos além dos dois gols, jogadas de mais gols, o lance do Zé, do Gabriel Jesus, do Rafael Marques e do Allione no primeiro tempo. Num contexto geral fomos superiores, mas quero ressaltar o grande jogo do São Paulo, que nos deu muito trabalho - analisou o treinador.

Como costuma acontecer, a escalação do Palmeiras para o clássico foi cheia de mistério. Gabriel Jesus voltou da Seleção após jogar na terça e ficou no banco; Moisés passou por um teste no vestiário para saber se jogaria após torcer o tornozelo há uma semana, e Allione foi inesperadamente o titular, com Cleiton Xavier no banco de reservas.  Para Cuca, sua escalação foi aquela que ele considerava a melhor para o jogo.

- Primeiro, o que eu comecei na minha cabeça era o melhor que poderia começar. O Allione tem entrado bem, treinado bem, o Rafael Marques foi nossa referência na ausência de outros é quem tem feito isto para nós, e os demais são os que vêm jogando. Mudei uma peça, o Allione no lugar do Erik ou Róger Guedes - acrescentou o comandante.

- Foi muito difícil, porque a marcação era muito forte. Não tínhamos muitas opções. Era um clássico, um jogo de entrega total. Nas poucas chances, você tem que fazer o gol. No primeiro tempo tivemos três chances e não convertemos. No segundo tempo fomos surpreendidos logo no início, fomos para cima, lançamos o Gabriel (Jesus), por eles não terem um lateral de ofício achei que o Gabriel poderia ter vantagem por lá, em vez de centroavante. E o Gabriel lá mesmo entrou bem - completou.


Com o resultado, o Palmeiras chegou a 46 pontos e continua na liderança do Brasileirão. O Flamengo é o segundo, com 43. No domingo, o Verdão enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, às 18h30.