Thiago Ferri
20/12/2016
16:28
São Paulo (SP)

Palmeiras e Cruzeiro encontraram uma forma de negociar as permanências de Fabiano e Robinho sem gastar. As diretorias conversam para realizar uma nova troca, mantendo assim o lateral-direito na Academia de Futebol, e o meio-campista na Toca da Raposa.

O vínculo do camisa 2 com o Verdão se encerra no dia 31 de dezembro, e a cláusula para compra é de pouco mais de R$ 12 milhões. É o mesmo valor que o time mineiro precisa desembolsar para manter o armador, mas o fim do contrato é outro: Robinho está emprestado até o fim de 2017.

A intenção dos dois atletas é de permanecer nos atuais clubes, o que facilita as conversas. O Cruzeiro tem 40% dos direitos econômicos de Fabiano, e o Palmeiras, 50% de Robinho. Além do repasse das respectivas fatias dos clubes, é possível ocorrer um acordo com os donos de parte do restante dos direitos. 

O Verdão busca um lateral-direito para dividir as funções com Jean, e Fabiano terminou a temporada bem. Foi ele, inclusive, o autor do gol que definiu o título brasileiro e a vitória sobre a Chapecoense, na penúltima rodada do Brasileiro. Já Robinho fez 24 jogos, deu oito assistências e marcou quatro vezes. 

Os dois foram envolvidos na troca antes do Brasileiro que ainda mandou o lateral-direito Lucas para o Cruzeiro, e o lateral-esquerdo Fabrício para o Palmeiras. O primeiro não seguirá na Raposa e pode ser novamente negociado, enquanto o segundo tem mais um ano de contrato com o Verdão.