icons.title signature.placeholder Enviado Especial
icons.title signature.placeholder Enviado Especial
25/08/2015
13:50

Andrei Girotto e Vitor Hugo chegaram ao Palmeiras no começo do ano credenciados pela boa campanha que fizeram na Série B de 2014 pelo América-MG. Tidos como apostas em janeiro, até o momento apenas o zagueiro conseguiu se firmar, tanto que o clube já demonstrou interesse em renovar seu vínculo - ambos têm contrato até dezembro. Com as ausências de Gabriel e Arouca, é a vez do volante tentar mostrar que tem qualidade, assim como o seu companheiro de concentrações e parceiro na "resenha".

- Desde lá (no América-MG) nossas famílias são juntas, temos intimidade de conversar, o grupo do WhatsApp (com ele, Vitor e o goleiro João Ricardo), concentramos juntos, tem a resenha, jogamos poquêr. Ele é animado, canta, busca se divertir antes do jogo. Em campo é sério e vem fazendo um ótimo papel no Palmeiras. Com esta sequência, quero mostrar também a minha qualidade - disse o camisa 28.

Até o momento, Andrei fez apenas nove jogos com a camisa alviverde. Seu primeiro gol saiu no fim de semana, quando abriu o placar contra o Atlético-MG, de cabeça. Sua meta, agora, é conseguir marcar de falta. O jogador treina constantemente o fundamento, que considera ser uma de suas especialidades.

- Estou tentando esta batida, no treino tenho aproveitamento bom. Infelizmente no jogo ainda não saiu o gol de falta, mas é uma das minhas características, o chute, o cabeceio, como fui feliz no último jogo, e a marcação. Quero fazer o gol para comprovar os treinamentos - completou.

Novamente sem Arouca, que ainda está com uma lesão na coxa esquerda, o Verdão deve ter o seguinte time contra o Cruzeiro, quarta, no Mineirão: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos (Jackson), Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral e Andrei Girotto; Rafael Marques, Robinho e Dudu; Barrios. Depois de vencer na ida da Copa do Brasil, por 2 a 1, o time avança às quartas com um empate.


Andrei Girotto (dir.) comemora o gol contra o Atlético-MG, no domingo (Foto: Thomas Santos/AGIF)

Andrei Girotto e Vitor Hugo chegaram ao Palmeiras no começo do ano credenciados pela boa campanha que fizeram na Série B de 2014 pelo América-MG. Tidos como apostas em janeiro, até o momento apenas o zagueiro conseguiu se firmar, tanto que o clube já demonstrou interesse em renovar seu vínculo - ambos têm contrato até dezembro. Com as ausências de Gabriel e Arouca, é a vez do volante tentar mostrar que tem qualidade, assim como o seu companheiro de concentrações e parceiro na "resenha".

- Desde lá (no América-MG) nossas famílias são juntas, temos intimidade de conversar, o grupo do WhatsApp (com ele, Vitor e o goleiro João Ricardo), concentramos juntos, tem a resenha, jogamos poquêr. Ele é animado, canta, busca se divertir antes do jogo. Em campo é sério e vem fazendo um ótimo papel no Palmeiras. Com esta sequência, quero mostrar também a minha qualidade - disse o camisa 28.

Até o momento, Andrei fez apenas nove jogos com a camisa alviverde. Seu primeiro gol saiu no fim de semana, quando abriu o placar contra o Atlético-MG, de cabeça. Sua meta, agora, é conseguir marcar de falta. O jogador treina constantemente o fundamento, que considera ser uma de suas especialidades.

- Estou tentando esta batida, no treino tenho aproveitamento bom. Infelizmente no jogo ainda não saiu o gol de falta, mas é uma das minhas características, o chute, o cabeceio, como fui feliz no último jogo, e a marcação. Quero fazer o gol para comprovar os treinamentos - completou.

Novamente sem Arouca, que ainda está com uma lesão na coxa esquerda, o Verdão deve ter o seguinte time contra o Cruzeiro, quarta, no Mineirão: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos (Jackson), Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral e Andrei Girotto; Rafael Marques, Robinho e Dudu; Barrios. Depois de vencer na ida da Copa do Brasil, por 2 a 1, o time avança às quartas com um empate.


Andrei Girotto (dir.) comemora o gol contra o Atlético-MG, no domingo (Foto: Thomas Santos/AGIF)