LANCE!
19/03/2016
08:45
São Paulo (SP)

A temporada 2016 da Fórmula 1 começa neste domingo com o Grande Prêmio da Austrália, que acontece em Melbourne. Se ainda não temos um vencedor para a prova deste ano, temos um ganhador no assunto salário.

Embora tenha ficado longe da disputa por título, e até pódio, em 2015, o espanhol Fernando Alonso deixa todos para trás no quesito salário. Segundo o site italiano Omnicorse, o piloto ganha € 36,5 milhões por ano da McLaren/Honda.

O valor é bem superior ao que recebe o atual bicampeão da categoria, o inglês Lewis Hamilton, que ganha € 28,5 milhões por ano da Mercedes. No mesmo patamar do tetracampeão Sebastian Vettel, da Ferrari, que embolsa € 27,5 milhões por ano da Ferrari.

Muito atrás dos três está Nico Rosberg, companheiro de Hamilton na Mercedes, com salário anual de € 16,8 milhões. O parceiro de Alonso na McLaren, Button, ganha quase quatro vezes menos, € 10,6 milhões por ano.

A partir do britânico, todos ganham menos de € 10 milhões, sendo que os brasileiros Felipe Massa (Williams) e Felipe Nasr (Sauber) recebem € 4 milhões/ano e € 170 mil/ano, respectivamente. Ao lado de Nasr, o sueco Marcus Ericsson, companheiro do brasileiro na Sauber, tem o salário mais baixo da categoria.