LANCE!
17/03/2016
06:30
São Paulo (SP)

A vitória e classificação do Barcelona sobre o Arsenal contou com gols dos três craques, o chamado trio MSN. Sobre o 'N', de Neymar, podemos dizer que segue fazendo história. Na partida das oitavas de final, ele atingiu a marca de 17 gols no torneio e igualou Roberto Carlos.

A Uefa refez a contagem de estatísticas da Liga dos Campeões, desta vez com dados do torneio desde 1955 até os dias atuais. A mudança, inclui também dados de jogos anteriores aos grupos. Com a mudança, Rivaldo passa a ser o maior artilheiro do país, com 31 gols, um a mais que Kaká, que anotou 30 gols.

Em terceiro lugar está Jardel, ex-Porto, com 28 gols, seguido por Giovane Elber, ex-Bayern de Munique, que fez 27 gols. A mudança coloca na lista José Altafini 'Mazola', com 24 tentos. Empatados com 21 gols estão Adriano e Luiz Adriano. O Imperador deve voltar a jogar em breve nos EUA. Ainda na casa dos 20 gols está o baixinho Romário, que deve ser ultrapassado em breve.

Quem mais se aproxima é Hulk, com 19 gols, mas o atacante já foi eliminado desta edição. Em seguida, estão Alex, Juninho Pernambucano e Ronaldinho Gaúcho, todos com 18 gols. Quem está chegando e tem tudo para ser o maior da história pelo país é Neymar, que igualou os 17 gols do lateral Roberto Carlos. Ainda vivo na atual edição, Neymar foi artilheiro na temporada passada.

O gol da última quarta-feira separou Neymar de Ronaldo Fenômeno, que fez apenas 16 gols na competição. Com 15 tentos, aparecem Sonny Anderson e Willian. O meia do Chelsea cada dia mais mostra que sabe balançar as redes, principalmente nas cobranças de faltas.

Vale lembrar que o maior goelador da história da Liga dos Campeões é o português Cristiano Ronaldo, com 90 gols. Messi é o segundo, com 83.