LANCE!
16/01/2016
07:30
São Paulo (SP)

A ida de Alexandre Pato para a Inglaterra parece iminente, depois do jogador não ter viajado com o elenco corintiano para os EUA, onde o Timão joga a Florida Cup.

Especula-se que Chelsea e Manchester United estejam entre os favoritos para contratar o jogador. O fato é que, aos 26 anos, Pato ainda tem mercado na Europa, algo incomum nos últimos anos.

Os times europeus têm contratado, por grandes valores, apenas os jovens e promissores brasileiros, como Gérson, Lucas, Neymar, Philippe Coutinho, Oscar, Bernard e Danilo. Nesta linha de pensamento, o jornal inglês Mirror elaborou uma lista com cinco brasileiros que os times da Premier League deveriam contratar neste mês.

Lucas Lima

O meia de 25 anos do Santos é descrito como principal jogador do país após as saídas de Jadson e Renato Augusto para a China. A publicação cita ainda a parceria com o atacante Ricardo Oliveira, faz comparação ao são-paulino Ganso e diz que o brasileiro recusou propostas da China.

Luan

Um dos principais nomes do último Brasileirão, o atacante do Grêmio tem como características a velocidade e a habilidade. Além disso, Luan é descrito como um dos líderes do ataque gremista, embora seja jovem.

Renê

A campanha do Sport no último campeonato nacional chamou a atenção e a saída de jogadores foi inevitável. Mas um deles ainda não saiu. Trata-se do lateral Renê, de 23 anos. O jornal fala sobre a onda de bons laterais do país, como Zeca (Santos), Jorge (Flamengo) e Douglas Santos (Atlético-MG), mas destaca o fato de Renê ser o mais preparado deles, com assistências para gols e poder de finalização.

Otávio

Embora tenha sido um dos melhores jogadores do Atlético-PR, o volante não figura entre os mais cobiçados do mercado de transferências. O Mirror diz que 'a maioria dos fãs provavelmente nunca ouviu falar dele'. O jornal vai mais longe e o compara ao italiano Verratti, do PSG: 'sutil, astuto e encantador para assistir', diz a publicação.

Malcom

Depois de uma boa temporada em 2014, Malcom se firmou no time em 2015. Os britânicos destacam o 'ritmo explosivo' e as jogadas pelas pontas do jovem corintiano, onde ele 'é capaz de esticar o jogo'. Aos 18 anos, Malcom certamente estará nas especulações das próximas janelas europeias.