CIRCUITO SUL-AMERICANO: Temporada 2017 começa neste final de semana com etapa no Chile

Brasil garante medalha em etapa do Sul-Americano

LANCE!
12/02/2017
14:02
São Paulo (SP)

O Brasil já tem medalhas garantidas em ambos os naipes na primeira etapa do Circuito Sul-Americana 2017. No último sábado, os quatro representantes do país venceram todos os jogos que disputaram em Coquimbo, no Chile, passando da fase de grupos e quartas de final. As semifinais e finais serão neste domingo, a partir das 13h (de Brasília). A Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV) transmite os duelos ao vivo pelo link http://voleysur.org/v2/transmision.asp?id=3062&IDcamp=158&IDcamp2=157

Vitor Felipe e Jô (PB) encaram na semifinal os uruguaios Cairus e Vieyto. Do outro lado da chave, na outra semifinal, Arthur Lanci e George (PR/PB) enfrentam os primos chilenos Marco e Esteban Grimalt. Em caso de vitórias nos dois duelos, o Brasil terá ouro e prata no masculino.

Na semifinal feminina, Ana Patrícia e Rebecca (MG/CE) duelam contra as paraguaias Erika e Michelle, enquanto Tainá e Victoria (SE/MS) enfrentam as chilenas Rivas e Mardones. A mesma dobradinha pode se repetir no feminino, em caso de dois triunfos nesta fase.

Os paraibanos Jô e Vitor abriram o dia pelo país, vencendo ainda pela fase de grupos os chilenos Flores e Lindermann por 2 sets a 0 (21/14, 21/18). Em primeiro na chave, encararam na rodada seguinte os argentinos Azaad e Capogrosso, já pelas quartas de final. Vitória novamente por 2 sets a 0, mas com parciais de 21/15, 21/19.

Arthur Lanci e George também conquistaram dois resultados positivos, e, assim como os compatriotas, seguem invictos e sem perder sets na competição. Eles superaram os bolivianos Zaballos e Walter por impressionantes 21/5 e 21/7, na fase de grupos, e horas depois os paraguaios Goyo/Roger (21/16, 21/11) pelas quartas de final.

Ana Patrícia e Rebecca também se mantém sem perder nenhum set. Elas concluíram a fase de grupos com triunfo por 2 sets a 0 (21/12, 21/3) sobre as bolivianas Elizabeth e Oropeza, e derrotaram nas quartas de final as colombianas Diana e Yuli por 2 sets a 0 (21/16, 21/17).

Tainá e Victoria, que perderam um duelo para as compatriotas, seguiram bem no torneio. Elas fecharam a fase de grupos vencendo as chilenas Vorphal e Fabi por 2 sets a 1 (21/11, 12/21, 16/14). Nas quartas de final, superaram as colombianas Andrea e Claudia Galindo em sets diretos (21/11, 21/13), avançando para o ‘final four’.

O ranking do Circuito Sul-Americano é feito apenas para os países, contando a pontuação da dupla mais bem colocada das nações em cada etapa. Os campeões de cada torneio somam 200 pontos, o vice, 180, o terceiro colocado, 160, e reduzindo 20 pontos em cada posição seguinte.

A temporada 2017 será composta por seis paradas regulares e uma etapa final, que vale mais pontos. Os critérios usados pela CBV na convocação são a posição do ranking de entradas do Circuito Brasileiro (a dupla inscrita com melhor colocação) e uma dupla Sub-23 escolhida pela entidade.