Vôlei masculino - ouro

CBV já planeja ciclo olímpico de Tóquio-2020 (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!/AFP)

LANCE!
15/02/2017
16:39
São Paulo (SP)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) acertou a contratação de Fernando Maroni para ocupar o cargo de supervisor da Seleção masculina em trabalho que se inicia visando o próximo ciclo olímpico de Tóquio-2020. Atual gestor do Projeto Brasil Kirin, Maroni iniciou sua trajetória no vôlei no extinto Banespa e está no clube de Campinas há sete anos. O novo supervisor está consciente da responsabilidade de trabalhar com a seleção masculina e se mostra animado com o desafio.

- É uma honra ser convidado para exercer uma função tão importante justamente no voleibol mais vencedor do mundo, que é o brasileiro. Espero contribuir com minha experiência e não faltará empenho para que consigamos manter o nível de excelência do esporte - comentou Maroni.

Graduado em Esporte pela Universidade do Estado de São Paulo (USP), Maroni trabalhará de forma integrada com o novo técnico da seleção masculina, Renan Dal Zotto. O diretor de Voleibol de Quadra da CBV, Radamés Lattari, se mostrou bastante feliz com a nova contratação.

- Maroni é de enorme competência e certamente contribuirá muito para que tenhamos uma comissão técnica de grande qualidade. A experiência dele como gestor será enriquecedora e muito importante para nosso planejamento - comentou Radamés.