Handebol - Brasil x Argentina

Seleção venceu os três confrontos do Quatro Nações (Foto: Cinara Piccolo/Photo&Grafia)

LANCE!
29/10/2017
13:25
São Bernardo do Campo (SP)

A Seleção Brasileira masculina de handebol é a grande campeã do IV Torneio Quatro Nações de Handebol Masculino. Neste domingo, a equipe verde e amarela venceu a Argentina por 26 a 23 e ficou com o título para a alegria do público presente no Ginásio Poliesportivo Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP).

Depois de terminar o primeiro tempo com cinco gols de vantagem, o Brasil encontrou mais dificuldades na etapa final e viu os argentinos diminuírem a diferença no placar para um gol quando o duelo estava 22 a 21 para a Seleção.

Porém, os donos da casa conseguiram se manter à frente e ampliaram a vantagem nos minutos finais. O artilheiro do duelo foi Haniel Langaro, que fez sete gols para os brasileiros. Do lado argentino, Federico Fernández foi o melhor com cinco gols.

Após a partida, foi realizada a cerimônia de premiação, onde o central João, do Brasil, acabou eleito o melhor jogador do Quatro Nações, enquanto o argentino Leonel Maciel levou o prêmio de melhor goleiro.

- Eu sou atleta, sempre quero o bem da nossa equipe, sempre mantendo a humildade. Nosso time está de parabéns pelo torneio, soubemos lidar com os jogos, entramos sérios do começo ao fim. Tivemos poucos treinos, sempre ajudando uns aos outros. A partida de hoje era a principal da semana, então a equipe está de parabéns, e vamos continuar com o trabalho - afirmou João.

Na campanha no torneio, o Brasil estreou com vitória contra o Uruguai por 34 a 15 na última sexta-feira. Um dia depois, a Seleção bateu o Chile por 30 a 17 e depois encarou a Argentina neste domingo.

O técnico Washington Nunes falou sobre os pontos positivos e negativos do desempenho brasileiro.

- Quando começamos a fase de treino, tínhamos alertados os meninos que algumas coisas precisam ser mudadas e melhoradas, como as ações de passe e transição e as ações de superioridade numérica, e foram três pontos da equipe hoje. Tivemos boa consistência ofensiva, criamos bastante oportunidades, mas paramos algumas vezes nas defesas do goleiro. Isso tem que ser melhorado. Já no sistema defensivo, a necessidade de resgatar o 5:1 voltou a funcionar bem ontem e hoje, então, o jogo caiu para um gol, mas por erros nossos, não tirando os méritos da Argentina. Tivemos sempre domínio do jogo e com boas possibilidades de ampliar o marcador, mas não fomos efetivos. Precisamos melhorar essa eficiência. Se conseguirmos isso, logo vamos deslanchar mais - afirmou o treinador, que completou:

- O Quatro Nações é muito importante, porque traz a Seleção de volta para o povo assistir. Isso é uma coisa muito rica. Hoje, tivemos uma grande quantidade de gente assistindo, e isso mostra a força da nossa modalidade. As equipes vieram com jogadores jovens, mas estamos no ciclo olímpico. Então, está dentro do esperado. Gostaríamos que a nossa participação fosse um pouco melhor, mas ela foi evoluindo passo a passo, e isso foi positivo.