SUPERLIGA MASCULINA 16/17: Funvic Taubaté vence o Sesi-SP e abre vantagem na série pelas semifinais

Lucarelli, do Taubaté, foi eleito o melhor da partida (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

LANCE!
16/04/2017
14:52
São Paulo (SP)

O equilíbrio esperado para a série pelas semifinais da Superliga, entre Funvic Taubaté (SP) e Sesi-SP, foi visto na noite do último sábado. Depois de uma vitória por 3 sets a 0 no primeiro confronto, o time do Vale do Paraíba enfrentou dificuldades, mas conseguiu o resultado positivo no tie break, vencendo por 3 a 2 (25/23, 21/25, 18/25, 25/19 e 15/13), em 2h24 de jogo disputado no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP).

A partida foi realizada no ABC Paulista, já que o Sesi da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), não tem a capacidade mínima exigida nesta fase da competição. Mesmo assim, a torcida compareceu em grande número e o ginásio esteve lotado, com cerca de 4.400 pessoas.

Com a vantagem de 2 a 0, o Funvic Taubaté receberá o Sesi-SP para o terceiro confronto da série nesta sexta-feira, às 21h30, novamente no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP). Em caso de uma vitória, o time da casa estará classificado para a grande decisão da competição.

Antes disso, a comemoração desta noite foi do Funvic Taubaté e, especialmente do ponteiro Lucarelli. Eleito o melhor do jogo, através de votação popular, o jogador foi premiado com o Troféu VivaVôlei, e comemorou a conquista.

- Foi uma bela batalha hoje. Acho que o torcedor estava esperando por isso, aconteceu um 3 a 2 equilibrado, e agora temos uma próxima chance na sexta-feira para tentar fechar em casa. Hoje, quando o nosso saque entrou um pouco melhor, conseguimos jogar. Quando forçamos no lugar certo deu resultado. Mas, temos que melhorar muito. Vacilamos em alguns momentos. Ganhamos, mas temos que melhorar sempre.

Pelo Sesi-SP, o levantador Bruninho comentou sobre momentos importantes da partida, sobre a possibilidade de ter o ponteiro Douglas, afastado por uma lesão no abdômen, de volta, e terminou afirmando que seu time não desiste de buscar a virada da série.

- No quarto set, pecamos um pouco na virada de bola. Em uma sequência do Wallace, eles acabaram abrindo e depois ficou difícil de recuperar. Erramos muito saque e isso dificultou. O tie break foi decidido nos detalhes. Mas, a partida foi um belo espetáculo para todos. Temos que continuar lutando e vamos ver se conseguimos recuperar o Douglas para o terceiro jogo. Isso pode ser uma arma para o nosso time. Não vamos desistir. Sabemos que jogar lá em Taubaté é difícil, mas vamos tentar abrir a série de novo.

A outra série pela semifinais acontece entre Sada Cruzeiro (MG) e Vôlei Brasil Kirin (SP). O time mineiro também tem vantagem de 2 jogos a 0. A terceira partida será neste sábado, às 21h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG), com transmissão ao vivo do canal SporTV.