Jonas Moura
26/05/2016
08:10
Rio de Janeiro (RJ)

Na base do improviso e da inspiração, o Flamengo tentará cumprir duas missões ao mandar a segunda partida da decisão do NBB contra o Bauru, nesta quinta-feira, às 17h, na Arena Carioca 2, no coração dos Jogos Rio-2016.

A mais óbvia está a cargo dos atletas: ampliar para 2 a 0 a vantagem sobre o time paulista e ficar mais perto do pentacampeonato, sendo o tetra consecutivo. A expectativa é escrever as primeiras histórias do palco que receberá grandes astros dos esportes olímpicos.

A outra está nos bastidores. Como a Arena Rio e o Maracanãzinho já foram entregues ao Comitê Rio-2016, o Fla precisou recorrer à casa do judô, luta olímpica e bocha paralímpica para receber pelo menos 8 mil pessoas nas partidas da série melhor de cinco. E terá de deixar tudo em ordem para a Olimpíada.

Inaugurada no dia 14 deste mês pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, a Arena Carioca 2 passará por seu primeiro teste. A operação do jogo é responsabilidade do clube, mas o Comitê Rio-2016 marcará presença com suas equipes, incluindo voluntários.

O rubro-negro desembolsou cerca de R$ 30 mil por jogo de aluguel do espaço, mas o custo total deve ficar na casa dos R$ 100 mil, incluindo despesas extras, como seguros. A maior preocupação é garantir o acesso dos torcedores, já que não haverá estacionamento e a região ainda está cercada por obras.

– É complexo, pois não está tudo pronto. Sabíamos que seria difícil. O importante é que teremos a final no Rio, que a torcida rubro-negra não precisará sair do estado e que estaremos no Parque Olímpico, a dois meses dos Jogos. Há ingredientes de sobra para um belo espetáculo – declarou Marcelo Vido, diretor executivo de esportes olímpicos do Flamengo, ao LANCE!.

O terceiro confronto, sábado, também acontece na Arena Carioca 2. Depois, se necessário, a série volta para Marília (SP), onde o Fla venceu o Bauru por 83 a 77. Caso a disputa fique 2 a 2, a decisão volta para o Rio.

– Momentos ficarão gravados na história do esporte nesta arena. É uma emoção especial – afirmou o ala-armador Marcelinho Machado.

Estão esgotados todos os ingressos dos setores inferiores e superiores das duas partidas no Rio. Restam poucos bilhetes para as cadeiras de quadra. Foram colocados à venda 8 mil ingressos. A capacidade máxima da arena, de 10 mil pessoas, não poderá ser atingida por questões de segurança.

Desvantagem não abala o Bauru para o segundo jogo

O técnico do Bauru, Demétrius Ferraciú, garantiu a confiança do elenco para tentar empatar a série contra o Flamengo. Na quarta-feira, ele fez um balanço do que deu errado em Marília (SP), em coletiva no Rio de Janeiro.

– Apesar de não termos vencido, estamos confiantes. A análise fria mostrou que podemos crescer bastante. Tivemos baixo aproveitamento em lances livres, o que pode ser fundamental em um jogo, e perdemos rebotes defensivos – falou o técnico.

Demétrius também destacou o fato de seu time jogar em uma arena olímpica:

– Viver o clima dos Jogos nos dá uma motivação. Qualquer item a mais em uma final é bom para você sentir mais confiança e conforto – disse.

Horários dos jogos e abertura dos portões:

Jogo 2 da série, 26 de maio, quinta-feira
Início do jogo: 17h
Abertura dos portões: 15h

Jogo 3 da série, 28 de maio, sábado
Início do jogo: 14h10
Abertura dos portões: 12h10

Vias de acesso à Arena:

Avenida Embaixador Abelardo Bueno
Avenida Salvador Allende
Estrada Coronel Pedro Côrrea
Avenida Ayrton Senna

Entrada para torcedores:

Portão 1, Olympic Way (Caminho Olímpico)

Estacionamento:

O evento não disponibiliza estacionamento. Dê preferência ao transporte público.

Os torcedores e profissionais de imprensa que optarem por ir de carro poderão estacionar no Shopping Metropolitano Barra, localizado na Avenida Abelardo Bueno.

Valores do estacionamento do Shopping Metropolitano:

Até 2 horas: R$6
De 2 horas até 5 horas: R$7
A partir de 5 horas: Acréscimo de R$1 por hora/fração
Motos (diária): R$5

Itens proibidos e restritos dentro da Arena:

Segundo as exigências do Comitê, "paus de selfie" e guarda-chuvas com borda pontiaguda não serão permitidos dentro da Arena Carioca 2 nos jogos finais do NBB entre Flamengo e Bauru. Faixas e bandeiras sem hastes estão permitidas às torcidas organizadas e devem ser afixadas na grade que fica na parte mais alta da Arena. Instrumentos estão proibidos, como já era estabelecido para todos os jogos anteriores no campeonato, pelo regulamento do NBB.

Poderão ser levados alimentos não-perecíveis lacrados para consumo pessoal, como biscoitos e barras de cereal, e alimentos e bebidas especiais para crianças ou pessoas com necessidades médicas. Itens de tamanho grande, tais como carrinhos de bebê, serão permitidos em locais específicos da instalação. Guarda-chuvas de tamanho pequeno, sem indicação de marca e que não tenha borda pontiaguda também podem ser levados pelos torcedores, assim como garrafas de plástico vazias e sem indicação de marca para reabastecimento com água.