RADAR/LANCE
21/02/2016
14:22
Curitiba (PR)

Terminou neste domingo a primeira etapa Regional do Circuito Caixa Loterias de Atletismo e Natação em 2016. A fase Rio-Sul do evento foi disputada na Universidade Positivo, em Curitiba (PR). A maior surpresa da competição foi o nadador novato Thomaz Rocha Matera, que bateu cinco recordes brasileiros e foi o eleito o melhor nadador do torneio em sua estreia no Circuito.

Nadador convencional na adolescência, Thomaz deixou as piscinas devido a uma retinose pigmentar, que lhe tira gradativamente a visão. Foi no Instituto Benjamin Constant, no Rio de Janeiro, que recebeu o convite para voltar a nadar.

- Fiquei mais de cinco anos sem praticar natação. É uma paixão que eu sempre tive e fiquei muito feliz em poder novamente fazer parte da modalidade que amo - disse o nadador de 25 anos.

Apesar de estreante no paradesporto, Thomaz teve um resultado que superou sua própria expectativa. Entre os atletas com baixa visão, ele venceu os 100m borboleta, 200m medley, 400m livre, 50m livre e 100m costas.

- Posso dizer que eu voltei a ser um atleta de alto rendimento. Fiquei muito otimista com os resultados e já sonho em estar nos Jogos Paralímpicos do Rio-2016 - celebrou.

No atletismo, uma veterana roubou a cena. A velocista Sheila Finder, de 36 anos, conquistou três medalhas de ouro na Regional Rio-Sul, em Curitiba. A atleta já havia vencido os 100m da classe T47 no sábado, 20. Neste domingo, 21, ela faturou tanto os 200m (27s87) quanto o salto em distância (5m05).

- Este ano é muito importante, com a Paralimpíada em setembro. Esta é uma época boa para medir como foi a base de treinamentos, em que estágio estamos realmente. Essa é a principal lição que tiramos das Regionais - disse Sheila, que faturou a medalha de bronze no salto em distância no Mundial de Lyon, na França, em 2013.

- Eu sou a atleta mais velha do mundo na minha classe, então isso me traz uma pressão ainda maior. Quero mostrar para as outras meninas que estou ali com elas, apesar da idade. Minha meta é o pódio no Rio-2016 - completou Sheila.

O Circuito Caixa Loterias agora irá ao Norte-Nordeste, em Recife, de 3 a 6 de março. No mesmo mês, entre os dias 18 a 20, haverá a etapa de São Paulo. Brasília receberá a Regional Centro-Leste do evento entre os dias 31 de março e 3 de abril. A capital paulista será palco das três Nacionais do Circuito: de 24 a 26 de junho, 14 a 17 de julho e 10 a 13 de novembro.

Para chegar à fase nacional do Circuito, os atletas precisam alcançar a meta estabelecida pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A marca toma como base recordes mundiais, e os competidores precisam chegar a uma porcentagem especificada destas marcas em suas classes e modalidades para confirmar sua vaga entre os melhores do Brasil. Líderes de ranking nacional que já têm o índice mínimo não precisam disputar as regionais e estão automaticamente classificados para as três etapas nacionais.