Falcão tornou-se neste sábado o maior artilheiro da história das Copas do Mundo, com 45 gols (Foto: Reprodução/Site da FIFA)

Falcão tornou-se neste sábado o maior artilheiro da história das Copas, com 45 gols (Foto: Reprodução/Site da FIFA)

LANCE!
17/09/2016
19:39
São Paulo (SP)

Se há uma coisa que o torcedor do futsal está acostumado é essa: a Seleção Brasileira sempre dá show. Neste sábado, na última partida do Grupo D na Copa do Mundo da Colômbia, a equipe comandada por Falcão goleou mais uma vez, vencendo Moçambique por 15 a 3, em Cali.

O ala, considerado um dos melhores jogadores da história da modalidade, ganhou neste sábado mais um "argumento" para sua causa. Com os três gols marcados contra Moçambique, tornou-se o maior artilheiro da história do torneio, com 45 gols, superando o também brasileiro Manoel Tobias (43).

Essa foi a terceira vitória da equipe em três jogos. Os triunfos anteriores foram sobre a Ucrânia (3 a 1) e a Austrália (11 a 1). Assim, o time fechou sua participação na primeira fase com 29 gols marcados e apenas cinco sofridos.

Os gols brasileiros contra Moçambique foram marcados por Falcão (três gols), Rodrigo (dois), Xuxa (dois), Dieguinho (dois), Fernandinho (dois), Ari (dois), Jackson e Bateria.

Na próxima fase, a Seleção enfrenta o melhor terceiro colocado dos grupos B, E ou F, que será definido na rodada deste domingo.