icons.title signature.placeholder Hugo Mirandela
icons.title signature.placeholder Hugo Mirandela
28/08/2015
11:45

Em sua sexta edição, o Tour do Rio vem crescendo a cada ano. Em 2015 são 15 equipes, sendo seis do exterior, disputando o título da competição no estado. Com ciclistas de diversas nacionalidades, a prova já dá bem o clima que será nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. É o que garante o brasileiro Rafael Andriato, que corre pelo time italiano Southeast Pro Cycling Team.

- Com certeza. Cada vez vai se aproximando a Olimpíada, todo mundo quer participar dela. O Tour do Rio é uma prova que conta pontos para classificar o Brasil. Então, eu também estou feliz em poder contribuir com alguns pontos para o meu país – disse o brasileiro.

Para aumentar o clima dos Jogos que estão chegando, o Tour do Rio ainda conta com trecho do percurso que será usado na Olimpíada de 2016. E isso é mais uma coisa que deixa Andriato animado, já que teve um bom desempenho no local.

- Aquele trecho é o que eu mais gostei do percurso da Olimpíada. Como na Europa tem muita prova com paralelo, então eu já tenho bastante experiência com isso. Tanto que eu tive uma fuga na frente e fui o primeiro do pelotão a passar por esse trecho. O pelotão selecionou bastante, mas eu não tive muitas dificuldades. No evento-teste e nas edições passadas nós já passamos ali por aquele trecho, então é um lugar que eu já conheço bastante – contou o ciclista.

O trecho olímpico integra a primeira etapa do Tour do Rio, que vai do Rio de Janeiro a Angra dos Reis. Na sessão, Rafael Andriato cruzou a linha de chagada em terceiro lugar. A competição termina no domingo, com chegada na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.

Em sua sexta edição, o Tour do Rio vem crescendo a cada ano. Em 2015 são 15 equipes, sendo seis do exterior, disputando o título da competição no estado. Com ciclistas de diversas nacionalidades, a prova já dá bem o clima que será nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. É o que garante o brasileiro Rafael Andriato, que corre pelo time italiano Southeast Pro Cycling Team.

- Com certeza. Cada vez vai se aproximando a Olimpíada, todo mundo quer participar dela. O Tour do Rio é uma prova que conta pontos para classificar o Brasil. Então, eu também estou feliz em poder contribuir com alguns pontos para o meu país – disse o brasileiro.

Para aumentar o clima dos Jogos que estão chegando, o Tour do Rio ainda conta com trecho do percurso que será usado na Olimpíada de 2016. E isso é mais uma coisa que deixa Andriato animado, já que teve um bom desempenho no local.

- Aquele trecho é o que eu mais gostei do percurso da Olimpíada. Como na Europa tem muita prova com paralelo, então eu já tenho bastante experiência com isso. Tanto que eu tive uma fuga na frente e fui o primeiro do pelotão a passar por esse trecho. O pelotão selecionou bastante, mas eu não tive muitas dificuldades. No evento-teste e nas edições passadas nós já passamos ali por aquele trecho, então é um lugar que eu já conheço bastante – contou o ciclista.

O trecho olímpico integra a primeira etapa do Tour do Rio, que vai do Rio de Janeiro a Angra dos Reis. Na sessão, Rafael Andriato cruzou a linha de chagada em terceiro lugar. A competição termina no domingo, com chegada na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro.