Everson Camilo

Everson Camilo foi campeão brasileiro no ano passado e flagrado no exame antidoping nesse ano (Foto:Divulgação)

LANCE!
12/07/2016
21:21
São Paulo (SP)

Um caso de doping revelado no último mês chamou a atenção no esporte brasileiro. O campeão brasileiro no ciclismo de estrada (prova de resistência) do ano passado, Everson de Assis Camilo, foi flagrado com 15 substâncias dopantes.

O atleta está suspenso provisoriamente pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) desde o último dia 27 de junho, sendo que o exame antidoping que flagrou o uso das substâncias foi realizado após a Volta do Rio Grande do Sul, em abril.

A vitória do ciclista na competição nacional do ano passado, inclusive, foi vista como surpresa, visto que ele não figurava entre os favoritos.

Everson foi dispensado pelo seu clube na última semana, o Avaí, de Santa Catarina, e não foi convocado para a Olimpíada do Rio, por não atingir os requisitos mínimos, como a pontuação no ranking mundial.

Ontem, foi divulgado pelo “O Estado de S. Paulo” que a defesa do atleta gaúcho se baseará na intenção do ciclista quando fez uso das substâncias, alegando que ele utilizou o doping para ganhar massa muscular, e não melhorar a sua resistência.

Os itens dopantes usados pelo ciclista foram: Fentermina, mefentermina, epitrembolona, estanozolol, 3-hidroxi-estanozolol, 16betahidroxi-estanozolol, hCG intacto, 6alfa-hidroxi-4-androsten-3.17-diona, testosterona, androsterona, etiocolanolona, salfa-androstano-3alfa,17beta-diol, 5beta-androstano- 3alfa,17beta-diol, drostanolona e 2alfa-metil-5alfa-androstan-3alfa-ol-17-ona.