LANCE!
03/10/2017
15:01
Rio de Janeiro (RJ)

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) inaugurou, nesta terça-feira, a Sala dos Atletas, em sua sede, localizada no Centro do Rio de Janeiro. O espaço tem como objetivo levar os atletas para mais próximo da confederação e fazê-los presente no dia-a-dia da entidade. O presidente da CBDA, Miguel Carlos Cagnoni, falou sobre a importância desse espaço para os atletas, dentro da confederação:

— A sala está à disposição dos atletas para que eles façam reuniões particulares ou não, tudo que eles possam fazer. Quero parabenizar os atletas e a todos que participaram dessa inauguração, pois é um marco histórico dentro da CBDA. Essa iniciativa visa trazer os atletas para participar da nossa gestão. A nossa intenção é que os atletas tenham vez e voz dentro da CBDA — declarou o presidente.

A inauguração contou com a presença de atletas e ex-atletas. Dentre eles, os jogadores de pólo aquático Samantha Rezende e Rudá Franco, a atleta do Nado Sincronizado Jessica Gonçalves, e os maratonistas Luiz Lima e Carlos Rosa. O nadador e presidente da comissão de atletas Leonardo de Deus, também esteve presente, falou sobre a importância da sala para os atletas e agradeceu à CBDA pelo espaço:

— Sinto-me muito lisonjeado de participar de algo tão importante. Nós somos o começo da mudança. Ter os atletas aqui é algo que muda totalmente a nossa relação. — declarou Leonardo de Deus, que frisou também a melhora na comunicação entre a confederação e os atletas, algo muito falado durante a inauguração — A sala é fundamental para ter um espaço de interação junto com a CBDA. É mais um passo que estamos dando. O meu papel aqui como presidente da comissão de atletas é trazer tudo que está se passando dentro da CBDA para os esportes aquáticos.

O gerente geral de esportes e ex-nadador Ricardo Prado, esteve presente durante a solenidade e falou sobre a iniciativa da atual gestão. Ricardo frisou a facilidade de acesso que, agora, os atletas têm à sede da confederação:

— Faço uma militância pela natação há 40 anos. Agora, há menos tempo, faço por todos os esportes. Ter uma sala para os atletas dentro da Confederação é algo muito importante para o desenvolvimento de cada modalidade. Na minha época, nós não tínhamos isso. É fundamental que eles participem com a gente — disse Ricardo Prado