Cairo Santos - Kansas City Chiefs (Foto: Justin Edmonds/Getty Images/AFP)

Cairo Santos, do Kansas City Chiefs, já tem 48 field goals em sua carreira (Foto: Justin Edmonds/Getty Images/AFP)

Felipe Domingues e Thiago Perdigão
29/11/2015
09:20
São Paulo (SP)

Não basta ser o primeiro brasileiro a jogar na NFL, tem que fazer bonito. Esse é o pensamento de Cairo Santos, kicker do Kansas City Chiefs, que, neste domingo, tenta atingir uma marca especial em sua carreira contra o Buffalo Bills, em casa, às 15h (de Brasília): marcar seu 50º field goal.

Atuando pelo segundo ano na maior liga de futebol americano do mundo, Cairo faz uma boa temporada, acertando 23 de suas 28 tentativas de chute, com um percentual de cerca de 82%. Se marcar apenas dois field goals hoje, chega à casa dos 50 na carreira.

- Acho que são bons números e em um bom momento, menos de duas temporadas completas. Estou orgulhoso e quero muito que o 50º field goal aconteça hoje. Vai ser muito legal ter a torcida do Chiefs por perto nessa marca - disse o brasileiro, ao LANCE!.

Essa temporada já pode ser considerada especial para o kicker, já que contra o Cincinnati Bengals, em outubro, marcou sete vezes. Com isso, o brasileiro já soma 144 pontos em field goals e 62 em pontos extras após o touchdown.

- Quero mais. Estou chutando bastante nessa temporada. A sequência de cinco derrotas logo no início da temporada não foi boa para o time. Agora, estamos recuperando e meus números subindo de novo. Espero encerrar a temporada na casa dos 90%, sem errar mais nada (risos) - comentou.

'Quando fiz sete field goals contra o Bengals, foi fora de casa. Agora, quero que o feito seja na minha casa, ao lado da minha torcida e, o mais importante, com uma vitória' - Cairo Santos, kicker na NFL

Os números de Cairo se tornam ainda mais impressionantes quando o comparamos com um nome histórico da liga, Morten Andersen. O dinamarquês é o maior pontuador da história da liga (2.544) e dono do maior número de field goals marcados (565). Porém, só alcançou a marca de 50 e 200 pontos em seu quarto ano.

Mas, a ideia do brasileiro não é apenas quebrar marcas, e sim levar sua equipe ao Superbowl. E a temporada, de fato, não vem sendo das melhores para o Chiefs. O time soma cinco vitórias e cinco derrotas, e precisará remar muito para alcançar os playoffs. Hoje, a equipe estaria classificada para a repescagem com a última vaga.

- Temos seis jogos pela frente, seis decisões para pegarmos uma vaga nos playoffs. Confiamos muito na classificação. Esse é meu foco atual na carreira. Ser o primeiro brasileiro na liga foi incrível, seguir representando meu país é espetacular, mas agora quero uma pós-temporada - completou.

Será que ainda veremos a bandeira brasileira no Superbowl? Se depender de Cairo Santos, já dá para preparar a torcida.

'Estamos focados em nossos jogos, sem nos importarmos com ninguém. Se ganharmos todos os jogos que restam (seis), acredito que o título da divisão seja nosso' - Cairo Santos

 Números históricos

As marcas de Cairo:
Prestes a marcar seu 50º field goal, Cairo chegou ao sétimo em 2014, em seu oitavo jogo. O 20º aconteceu na sua 15ª partida. Nesse ano, marcou o 30º no quarto jogo, enquanto o 40º veio na sétima partida.

Jogo histórico:
Contra o Cincinnati Bengals, Cairo marcou sete field goals, o que o coloca ao lado de Jim Bakken (1967), Rich Karlis (1989), Chris Boniol (1996), Billy Cundiff (2003), Rob Bironas (2007) e Shayne Graham (2007) como únicos a marcarem sete ou mais vezes em um jogo.

O 100º ponto:
Cairo atingiu a marca já no seu primeiro ano, a uma partida do fim da temporada. Marcou 13 no último jogo e, assim, terminou com 113 no total.

A temporada:
Nesse ano, Cairo já marcou 23 field goals em 28 tentativas (líder na NFL), assim como 24 chutes de pontos extras em 25 totais. Com isso, já soma 93 pontos. O recorde em um único ano é de 166, de David Akers, em 2011.

Chega lá?
Quem alcança Morten Andersen? O dinamarquês soma 2.544 pontos em seus 25 anos na NFL, sendo 849 em chutes extras e 565 em field goals.