Campeões brasileiros de boliche

(Foto:Divulgação/CBBOL)

RADAR/LANCE
24/04/2016
21:51
Rio de Janeiro (RJ)

Foram conhecidos neste domingo os vencedores do Campeonato Brasileiro de Tercetos, disputado nas duas sedes do Boliche Social Club, no Rio de Janeiro. No masculino, o título ficou com Márcio Vieira, Carlos Diogo e Paulo Feijó. Todos atuam no Vasco da Gama (RJ). No feminino, vitória do terceto formado por Roberta Rodrigues (SP), Marizete Scheer (MG) e Dayse Silva (PA). As divisões principais jogaram no NorteShopping e a Terceira Divisão Masculina teve seus jogos realizados no BarraShopping. O campeonato foi marcado pelos escores abaixo da média habitual devido às dificuldades impostas pelo condicionamento de óleo do evento, que trouxe muita dificuldade e desafio aos participantes.

O trio carioca já vinha de um título nesta temporada: os três haviam vencido, em março, a Taça Santa Catarina, etapa do circuito nacional. O título do Brasileiro, porém, foi construído com atuação destacada no último dia, no qual venceram os dois duelos que encararam. Primeiro, superaram o terceto do Mato Grosso do Sul, formado por Reginaldo Morel, Rodrigo Marques e Hédio Liebich, pelo placar de 4 a 0, chegando em vantagem na linha de posição, na qual enfrentaram o trio John Jr. (RJ)/ Mário Alvarenga (DF)/Daniel Murta (MG), líderes até o fim dos jogos de sábado. Novo triunfo por 4 a 0 deu o título aos vascaínos (26 pontos) e o vice-campeonato aos derrotados (20). Na luta pelo bronze, o trio formado por Jamil Sales, Eugênio Carvalho e Roberto Vilas Boas, do Distrito Federal, ficou empatado em pontos (16) com Igor Pizzoli (SP)/Reinaldo Tanaka (MG)/Marcio Martins (RJ), mas levou a medalha devido aos somatório de pinos de todo o torneio: 12.132 a 12.036.

Entre as mulheres, Roberta, Marizete e Dayse já entraram campeãs devido à "gordura" acumulada nos confrontos dos três primeiros dias de disputa. Ao fim do torneio, elas somaram 26 pontos. O vice-campeonato coube a Lúcia Vieira (RJ), Léa Castro (RJ) e Pollyana Arantes (DF), do Vasco da Gama, com 14, enquanto o terceiro lugar ficou com o trio Vanessa Andrade (MG)/Heloísa Queiroz (DF)/Sheila Abreu (RJ), que também conquistaram a medalha de bronze no desempate de pinos. Elas fizeram os mesmos 10 pontos do trio Lira Corazza (MS)/Marlene Bonacina (MS)/ Tereza Belmonte (MT).

No individual geral, um título inesperado, mas muitíssimo comemorado entre os homens: Hédio Liebich foi a zebra e conquistou o primeiro ouro all-events em Brasileiros da história do boliche de seu estado, o Mato Grosso do Sul. Ele, que mora em Dourados, viu o boliche onde treina com seus companheiros de clube pegar fogo há poucos dias, mas mostrou um incrível senso de superação e obteve uma conquista histórica, com média de 181.38 pontos. Entre as mulheres, nenhuma surpresa com o ouro da favorita Roberta, que defende o Pinheiros (SP) e fez 176,88.

Houve ainda mais duas divisões masculinas. Na Segundona, triunfo carioca de Rogério Almeida, S.Oliveira e Adílson Balthazar, do America (RJ). Luiz Afonso, do Distrito Federal, foi o campeão do all-events individual com média de 174,38 pontos. Na Terceira Divisão, venceram Ivan Braga (PE), Fábio Menezes (PE) e João Neto (BA). Roland Vetter (BA) foi o vencedor do all-events, alcançando média de 176,88.